webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px
webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px

Desde 2016, Ronaldo Lopes é o pré-candidato de Beltrão em Penedo

Na belíssima cidade de Penedo, às margens do Rio São Francisco, o nome que circula como então pré-candidato a prefeito – até o momento e pela situação – é o de Ronaldo Lopes (MDB).

Apesar da imprensa da capital alagoana ter citado o ex-governador, Ronaldo Lessa (PDT), como pretenso pré-candidato à Prefeitura em 2020, tudo não passou apenas de especulações de bastidores.

Todos os aliados e correligionários do atual prefeito Március Beltrão (PDT), que está em seu segundo mandato, sabem – desde 2016 – que o empresário Ronaldo Lopes é (ou seria) o pré-candidato a prefeito do grupo em 2020.

Desde a reeleição de 2016, Beltrão havia firmado ‘acordo’ para que Ronaldo ( o Lopes) fosse o seu substituto na cadeira do Executivo. Essa união entre empresário e prefeito teve início em 2012, quando a dupla foi eleita para o primeiro mandato na Prefeitura penedense.

Com a reeleição de MB e RL já em 2016, o acordo permanecia para que o dono da Penedo FM alcançasse o posto de ser candidato a prefeito no próximo ano. Afinal, o grupo que está no comando do Executivo local vem se mantendo – pode-se dizer ‘unido’ – desde 2012.

Eleição de 2012

Vale lembrar que Március Beltrão foi eleito em 2012 por conta do apoio que teve de Ronaldo Lopes. Foi o mesmo que unir, na linguagem popular, o útil ao agradável.

Após a derrota que obteve nas urnas de 2008, Beltrão tinha o voto popular e o desejo da população mais carente que – realmente à época – queria o retorno dele à Prefeitura. Se aliou a Ronaldo Lopes, o empresário bastante conhecido no meio social, e que tinha os votos da chamada ‘alta sociedade de Penedo’

Portanto, Március em 2012 voltou com força, atraiu grandes aliados, conseguiu derrotar o grupo que comandava o município e foi eleito com uma votação surpreendente: 16.593 votos (53,58%). Ou seja, a casadinha Március-Ronaldo deu certo desde 2012.

Lá vem 2020!

Kléverson LevyKléverson Levy
Ronaldo Lopes contará ainda com os apoios do senador Renan Calheiros e do governador Renan Filho, ambos também do MDB / Foto: Facebook

Quanto ao fato de 2020, o Blog Kléverson Levy faz uma análise passando por 2016. Március e Ronaldo foram eleitos com uma pequena diferença de votos em cima da candidata de oposição e provável pré-candidata em 2020, a ex-vereadora Ivana Toledo (PP).

Toledo quase que derrota Beltrão nas urnas de 2016. Foi uma pequena diferença de 517 votos que garantiram o segundo mandato de Március-Ronaldo. Ivana teve 12.263 votos (40.09% válidos) e Beltrão 12.780 votos (41.78% válidos).

Ou seja, em quase quatro anos de mandatos (2013/2016), comparando a eleição de 2012 com a de 2016, Március Beltrão perdeu exatos 3.813 eleitores e ganhou do grupo Toledo (Alexandre e Ivana) com apenas 517 votos.

2020 se desenha uma nova história na disputa política de Penedo. Ronaldo Lopes terá que convencer o povo penedense que é o nome viável para administrar a cidade pelos próximos anos.

Além disso, vai carregar a rejeição nítida de Március Beltrão, os erros administrativos e a insatisfação de boa parte do eleitorado que anda decepcionado com a atual gestão municipal.

Tarefa árdua

A administração de Március Beltrão vai indo. Daqui a pouco, já era! Contudo, deixará os resquícios de oito anos em dois mandatos consecutivos com erros e acertos. Porém, o mais complicado é corrigir os erros já que os acertos passam despercebidos.

Portanto, Március Beltrão terá que se engajar muito para fazer o sucessor, garantir o nome de Ronaldo Lopes como pré-candidato do grupo e dar uma resposta em 2020 para retribuir ao apoio – incondicional – que teve em 2012 e 2016.

Não será tarefa fácil. Será uma disputa ‘pesada’.

Mas contará ainda com os apoios do senador Renan Calheiros e do governador Renan Filho, ambos também do MDB, já que Ronaldo Lopes é tido como o político de respeito, credibilidade e com o compromisso que sempre teve com a população de Penedo.  

Que venha 2020!

#VidaQueSegue

Email: kleversonlevy@gmail.com

Redes sociais: @kleversonlevy e @blogkleversonlevy

Deixe um comentário