Concessão de benefícios para 12 empresas vai gerar mais de 3 mil empregos em Alagoas

Fotos: Ascom/Sedetur-AL

Os dados oficiais foram divulgados pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo de Alagoas (Sedetur-AL). O Conselho de Desenvolvimento Econômico (Conedes) aprovou a concessão de benefícios para mais 12 empresas com atuação no turismo, indústria alimentícia, plástico e automobilística. 

Juntos, os empreendimentos injetarão um total de R$121 milhões na economia alagoana com a geração de mais de 3.100 empregos. É a chamada ‘Concessão de Benefícios” que faz parte da política de incentivos fiscais e locacionais do Governo do Estado de Alagoas. 

De acordo com a Sedetur, a rede hoteleira foi contemplada com a aprovação de benefícios fiscais para duas grandes empresas: o hotel Tropicalis Vivare – novo empreendimento que se instala em Alagoas, com investimentos na ordem de R$17,5 milhões – e o hotel Jatiúca, com aporte de R$25 milhões voltados para a modernização e a ampliação da sua área em 96 novas unidades habitacionais. 

A Amafil, empresa paranaense, com destaque na fabricação de farinha de mandioca e derivados, destinará R$26,6 milhões com a implantação da indústria instalada no Polo de Teotônio Vilela. A cadeia da Química e do Plástico também recebeu reforço com a autorização de incentivos fiscais para construção da Bel do Nordeste, que investirá R$31 milhões.

Além desses empreendimentos, a produtora de embalagens Portelplas, a Brasil Limpo, e a fabricante de produtos de limpeza, Interlândia, tiveram seu pedido de incentivos aprovados. No segmento automobilístico, a montadora alagoana de carros elétricos, Tuka Motors, foi contemplada com a concessão de benefícios fiscais, apresentando investimento de R$2 milhões e geração de 100 postos de trabalho.

Já como incentivo local, a Cooperativa Pindorama e a Frio Sul Indústria e Comércio de Pescado também solicitaram benefícios fiscais. Com a aprovação do Conedes, irão destinar R$750 mil e R$1,5 milhão de investimento, nesta ordem. 

Ainda entre os processos aprovados está o requerimento de concessão de regime especial para a Impacto Energia, produtora de etanol e energia elétrica, que será responsável pela geração de 1.700 postos de trabalho.

“Sem dúvida o desenvolvimento econômico tem andado lado a lado com o segmento de turismo em Alagoas. Inseri-lo na agenda do Conedes foi uma escolha natural e determinante para o fortalecimento de toda a cadeia turística, a partir da aprovação de incentivos fiscais e locacionais que atuam como atrativo para a instalação de novos empreendimentos na região, por exemplo. Além do fomento direto na nossa economia, o turismo é um dos segmentos com participação mais expressiva da geração de emprego e renda no nosso Estado”, explicou o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito.


Conedes e Prodesin

Os benefícios concedidos pelo Governo do Estado fazem parte do Programa de Desenvolvimento Integrado (Prodesin), que, a partir da modernização, passou a oferecer a redução de 92% no pagamento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) na saída dos produtos industrializados.  

Por fim, o Conedes é o Conselho Estadual do Desenvolvimento Econômico (CONEDES) foi instituído pela Lei 6.897, de 18 de Dezembro de 2007. Constituído por 27 (vinte e sete) membros selecionados entre representantes do Estado, instituições públicas e privadas e sociedade civil para, entre suas funções, a formulação de políticas e diretrizes que visem acelerar o desenvolvimento econômico e social do Estado de Alagoas. 

Mais incentivo fiscal

Na próxima segunda-feira (23), às 10h, o governador Renan Filho e os secretários de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, e da Fazenda, George Santoro, concedem incentivo fiscal à empresa GOL Linhas Aéreas, líder no mercado aéreo brasileiro.

A solenidade, que acontece no Salão de Despachos do Palácio República dos Palmares, no centro de Maceió, contará, também, com a presença do presidente da GOL, Paulo Kakinoff.

O incentivo garante a redução de 12 para 8% do ICMS sobre o  Querosene de Aviação (QAV).  No mês passado, a GOL anunciou novos voos para Alagoas, adicionando três novas frequências do Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, na região metropolitana de Maceió, para o Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

Além disso, para melhor atender a demanda da alta temporada, a Companhia oferecerá, ainda, voos extras partindo da capital alagoana para Brasília, São Paulo (Congonhas), Campinas (Viracopos) e Rio de Janeiro (RIOgaleão).

Deixe um comentário