webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px
webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px

Vídeo: a ‘injustiça’ da gestão de RF contra os aposentados do Estado

Por Kléverson Levy

Não é mais novidade que um dos maiores (e piores) erros ocorridos na gestão do governador Renan Filho (MDB), em concomitância com a Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE), foi os míseros descontos dos 14% nos salários dos servidores públicos do Estado.

Perversidade é o nome que mais se escuta quando o assunto é sobre os descontos dos proventos, após o novo Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos do Estado de Alagoas (RPPS/AL), aprovado em dezembro de 2019, principalmente, para aposentados e pensionistas.

Desde abril do ano passado, servidores estão ‘desesperados’ por conta do dinheiro que vem sendo retirado pelo AL Previdência e que seria – no mínimo – usado para pagar consultas médicas, compra de medicamentos e até para saúde pessoal na maioria das famílias alagoanas.

De fato, o verdadeiro “Pacote de Maldades” idealizado pelo governador Renan Filho (MDB).

Sinteal retomou a campanha em defesa dos aposentados e aposentadas da rede estadual de educação de Alagoas / Foto: Divulgação

Em 2021, dando continuidade à luta contra o governo e a retirada dos 14% dos servidores aposentados, o Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal) lançou um vídeo institucional com o objetivo de pressionar o Estado e a Justiça.

Para tentar reverter a situação, o Sinteal aponta para o que eles chamam de “assalto que o Governo tem praticado contra a categoria”. Com isso, a campanha vai recolher relatos e histórias reais de profissionais da educação que tiveram 14% de sua renda cortada pelo governo.

A campanha é uma continuidade ao que já estava sendo feito desde 2020. Como a tentativa de diálogo e os esforços judiciais não estavam sendo suficientes, o Sindicato mobilizou virtualmente e organizou um grande abaixo assinado que foi entregue no Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL) em um ato público realizado ano passado.

“O vídeo divulgado traz o governo representado na figura de um carrasco, que de forma violenta rouba dinheiro de aposentadas e aposentados. Através de uma locução dramática, o sindicato explica “tirar de quem já trabalhou tanto, é um assalto”, explica a assessoria do Sinteal.

Em tempo!

A implantação do desconto previdenciário de 14% vem ocorrendo desde o mês de abril de 2020, por conta do novo Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos do Estado de Alagoas (RPPS/AL), aprovado em dezembro de 2019.

Desde janeiro de 2020, o Sinteal está lutando na justiça para impedir o desconto dos aposentados, que é inconstitucional. A Justiça ainda não deu respostas.

Já os 14% que o governador Renan Filho (MDB), até em meio à Pandemia da Covid-19, vai descontando dos servidores do Estado, é uma crueldade enorme, principalmente, para quem deveriam gozar dos direitos por contribuir com o crescimento de Alagoas durante uma vida toda.

#VidaQueSegue

Email: redacao@blogkleversonlevy.com.br

Redes sociais: @blogkleversonlevy

Deixe um comentário