webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px
webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px

Vereadora diz que colega “age de forma antiética” ao ser apontada como ‘mentirosa’ em sessão na Câmara

Por Kléverson Levy

Na sessão da Câmara de Vereadores de Maceió no dia de ontem, 21, passou despercebida a tratativa que envolveu o vereador Siderlane Mendonça (PSB) e a vereadora Teca Nelma (PSDB).

Ao visitar um abrigo que é mantido pela Prefeitura de Maceió, Nelma disse que foi proibida de entrar e conversar com os adolescentes presentes.

Segundo informações obtidas pelo Blog Kléverson Levy, após Teca insistir com a coordenadora do abrigo para fiscalizar o local, e explicar que estava no uso de suas prerrogativas enquanto vereadora, é que a entrada foi permitida.

No aparte, Siderlane Mendonça – líder do governo na Casa de Mário Guimarães – relatou que não existe esse impedimento de acesso ao Abrigo, por parte da gestão do prefeito João Henrique Caldas, o JHC (PSB), e muito menos quando se tratar de qualquer vereador.

“A gestão não está ciente disso. A vereadora Teca Nelma tem livre acesso. Esta semana a vereadora estava dentro da Prefeitura que é bem recepcionada. Então, não acredito que isso tenha acontecido. Porém, se aconteceu, vamos tentar fazer que os direitos de nós vereadores sejam considerados e não venham a passar por nenhum tipo de problema. A gestão [JHC] não aceita esse tipo de atitude de quem quer que seja”, rebateu o líder do governo.

Siderlane é líder do governo na Câmara/ Fotos: Site da Câmara de Maceió

“Antiético

Porém, Teca Nelma se sentiu constrangida por ter sido quase que chamada de ‘mentirosa’ e rebateu o vereador afirmando que era “estranha a fixação dele (Siderlane) por ela”, já que o edil duvidava dos fatos que Nelma expôs na sessão da Câmara de Maceió.

Ao Blog Kléverson Levy, Teca reafirmou que o líder do governo agiu de forma ‘antiética’ ao questionar, publicamente, seus conhecimentos e ações realizadas durante seu mandato.

“Infelizmente, não é a primeira vez que o referido vereador age de forma antiética e questiona publicamente meus conhecimentos e minhas ações. Há alguns dias, ele chegou ao ponto de questionar os meus sorrisos e, agora, pôs à prova, a veracidade da minha fala”, ponderou.

Por fim, a jovem vereadora também ressaltou que sua contribuição como vereadora para Maceió é superior a tais tentativas de inibir suas ações e voz no legislativo.

“É vergonhosa a afixação que ele tem comigo e com meu trabalho. E isso ficou ainda mais evidente na sessão ordinária de ontem [21], onde outros vereadores também passaram por situações semelhantes, participaram do debate, corroboraram com as minhas falas e, apenas o meu discurso, foi repudiado pelo líder do governo. Sobretudo porque ele nem sequer estava presente quando o fato ocorreu. Mas isso não impede que eu siga com meu trabalho. O que eu tenho a contribuir com meu mandato para Maceió é muito superior a essas tentativas de inibir minha voz e minhas ações”, finaliza Teca Nelma.

É isto!

#VidaQueSegue

Email: redacao@blogkleversonlevy.com.br

Redes sociais: @blogkleversonlevy

Deixe um comentário