Webbanner_BEM_728x90px
Webbanner_BEM_728x90px

“Vamos levar a questão do voto impresso para o plenário”, avisa Arthur Lira

Por Kléverson Levy

A questão do voto impresso se tornou polêmica desde que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem insistido em suas decisões políticas e pessoais para agradar o entorno dele e o ego dele mesmo.

Ontem, 06, pela redes sociais, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP), se posicionou mediante “pressão” nacional dos brasileiros sobre o caso do Voto Impresso.

De Lira, numa postagem na noite desta sexta-feira, 06, disse que ‘levará a questão do voto impresso para o plenário’. Na sequência do texto publicado, o deputado federal alagoano ressaltou – ainda – o ‘plenário é a alçada máxima de decisão, a expressão da democracia’.

“Pela tranquilidade das próximas eleições e para que possamos trabalhar em paz até janeiro de 2023, vamos levar a questão do voto impresso para o plenário, onde todos os parlamentares eleitos legitimamente pela urna eletrônica vão decidir. Só assim teremos uma decisão inquestionável e suprema porque o plenário é a nossa alçada máxima de decisão, a expressão da democracia. Vamos deixá-lo decidir”, escreveu Lira.

No mesmo post seguido, o parlamentar reforçou também sobre o fato da “independência e a harmonia entre os poderes”, ao mencionar o que ele tratou de ‘qualquer movimento que rompa ou macule’ a imagem das Instituições.

“A Câmara dos Deputados sempre se pauta pelo cumprimento do Regimento e pela defesa da sua vontade que é a expressão máxima da democracia. Não contem comigo com qualquer movimento que rompa ou macule com a independência e a harmonia entre os poderes, ainda mais como chefe do poder que mais representa a vontade do povo brasileiro. Esse é o meu papel e não fugirei jamais desse compromisso histórico e eterno”, finalizou Arthur Lira.

Será?

#VidaQueSegue

Email: kleversonlevy@gmail.com

Redes sociais: @blogkleversonlevy

Deixe um comentário