Vagas na Câmara de Maceió serão as mais disputadas em 2020

Foto: Ascom/Câmara de Maceió


Pelo que se desenha no xadrez eleitoral, a eleição de 2020 à Câmara de Vereadores de Maceió será umas das mais disputadas em comparação aos pleitos passados.

Além dos 21 edis, que buscam suas reeleições ou devem colocar alguém para tentar ocupar o assento que é dele (familiar), outros nomes bastante conhecidos na política da capital alagoana surgem para concorrer a uma das cadeiras na Casa de Mário Guimarães. 

Heloísa Helena (Rede), Judson Cabral (PDT), Pastor João Luiz (PRTB) e até Givaldo Carimbão (Avante) já passaram pelo legislativo de Maceió e, em 15 de novembro, devem testar – mais uma vez – a vontade do eleitorado maceioense.

Já nomes como Eduardo Rossiter (Pros), Gaby Ronalsa (DEM), Teca Nelma (PSDB), João Catunda (PSD), Arnaldo Camelo (PV), por exemplo, querem conquistar uma vaga de vereador como proposta de renovação e juventude no legislativo de Maceió.

Nas pesquisas de bastidores e consumo interno, óbvio, os atuais membros da Câmara de Maceió aparecem na preferência do eleitorado devido o trabalho e atuação parlamentar diária (o dia a dia) na imprensa e cotidiano político.

Mas é bom lembrar que novos nomes surgem com a nova proposta de inovar, renovar  e mudar o quadro da vereança na Casa de Mário Guimarães.

Portanto, são 25 Vagas na Câmara de Maceió que, segundo especialistas da área, serão as mais disputadas em 2020. 

Afinal, a eleição deste ano, como dizem os analistas políticos, não será para amadores. É preciso profissionalismo, inteligência, discurso e experiência para conquistar o eleitor que está cada vez mais exigentes com seus representantes e debates nas redes sociais.

Será?

#VidaQueSegue

Email: kleversonlevy@gmail.com

Redes sociais: @kleversonlevy @blogkleversonlevy

Deixe um comentário