webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px
webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px

Teca Nelma fica ‘grande’ diante de posicionamento na Câmara de Vereadores de Maceió

Por Kléverson Levy

Ao se posicionar de maneira clara quando se colocou diante da tentativa de ser ‘censurada’, na sessão na Câmara de Vereadores de Maceió, a vereadora Teca Nelma (PSDB) ficou maior – politicamente falando.

Neófita na política, a jovem vereadora não se redimiu, em momento algum, ao decidir votar contra o Título de Cidadão Honorário concedido ao presidente Jair Bolsonaro (Sem partido).

Aprovado pela maioria da Casa de Mário Guimarães, Nelma que votou contra disse em sua justificativa – com clareza e aptidão dos fatos – que Bolsonaro é um “genocida”.

“A minha voz não será calada por homem nenhum. Sem dúvidas e sem medo, eu digo não ao presidente genocida”, votou a tucana durante sessão.

A fala deixou o nobre vereador Fábio Costa (PSB) insatisfeito ao ponto dele informar que solicitará ao presidente da Casa a censura da fala de Teca Nelma e ao questionar que “talvez ela não saiba qual o significado da palavra genocida”.

“Mais uma vez eu sou atacada dentro dessa casa pelo meu gênero. Mais uma vez o meu conhecimento está sendo colocado em cheque. Não foi a primeira vez que passo por isso, como vereadora. Sempre que eu profiro algo que não é comum aceito pelos vereadores homens dessa casa, a primeira palavra que eles falam é ‘não sei se a senhora sabe do que está falando’. Eu vim aqui eleita pelo povo, democraticamente. Eu tenho liberdade de expressão para proferir os meus posicionamentos. E não vai ser com ameaças de nenhum vereador que eu vou ter a minha fala cerceada”, disse a vereadora.

Nas redes sociais, a filha da deputada federal Tereza Nelma (PSDB) recebeu inúmeras mensagens de apoio pelo posicionamento na Câmara de Maceió.

Tanto que a própria vereadora também desabafou e reiteraou tudo o que havia expressado frente aos colegas de legislativo.

“Votei contra esse projeto e volto a afirmar que é INADMISSÍVEL homenagear um presidente negligente e responsável SIM pelas 500 mil mortes neste país! Um vereador informou que irá “oficiar à Presidência da República e à Advocacia Geral da União essa fala da vereadora Teca Nelma”, numa clara tentativa de me intimidar. O vereador também informou que irá solicitar ao Conselho de Ética da Câmara que avalie se minha fala não ocorreu em quebra de decoro por confirmar o que todos sabemos: A política do governo federal é Genocida! Reitero aqui que não serei censurada. Obrigada a todos pelo apoio!!”, escreveu novamente.

Lembrando: a concessão de título de cidadão honorário ao presidente da República é uma indicação do vereador Leonardo Dias (PSD) e recebeu 16 votos favoráveis (que decepção, senhores vereadores) e 6 contra.

Dois vereadores (Samyr Malta e Chico Filho) se abstiveram da votação. Foram contra o Título de Cidadão de Maceió a Bolsonaro apenas Aldo loureiro, Brivaldo Marques, Teca Nelma, Dr. Valmir, Cleber Costa e Cau Moreira.

Já Teca Nelma fica maior diante de seus posicionamentos na Câmara de Vereadores de Maceió. Firme, forte e mantendo suas convicções, opiniões e posições.

O resto…. deixa sem comentários!

É isto!

#VidaQueSegue

Email: redacao@blogkleversonlevy.com.br

Redes sociais: @blogkleversonlevy

Deixe um comentário