Slider

“Sou pré-candidata a vereadora”, explica Teca Nelma após ser “cogitada” para vice

Foto: Assessoria

Em nota enviada ao Blog Kléverson Levy, jovem Teca Nelma, filha mais nova da deputada federal Tereza Nelma (PSDB), afirmou ser pré-candidata a vereadora.

Após ter o nome “cogitado” numa formação de chapa como vice-prefeita, Teca explicou que’ nunca tratou dessa possibilidade de uma candidatura a vice-prefeita na chapa com João Henrique Caldas, o JHC (PSB)’.

“Talvez tenha havido confusão porque defendo a participação da mulher na chapa do Executivo de Maceió. Mas, como qualquer cidadã, tenho 21 anos de idade, só não posso me candidatar a presidenta da República, a Governadora e a Senadora, discriminações contra os jovens que ainda existem na Constituição. No momento sou pré-candidata a vereadora”, ponderou a jovem.
Além disso, a filha da deputada Tereza Nelma reforçou que o assunto nunca foi tratado no PSDB, muito menos com o pré-candidato a prefeito.
Nelma considera que uma escolha dessa responsabilidade tem que ser tratada com o pré-candidato, os partidos aliados, o Diretório Municipal do PSDB; além do senador Rodrigo Cunha, atual presidente da sigla em Alagoas.

Portanto, Teca quer em busca de uma das 25 vagas na Câmara de Vereadores de Maceió. Como já escreveu o Blog Kléverson Levy  filha da deputada federal Tereza Nelma, neófita no campo da política, é a mais nova aposta dos tucanos – em Alagoas – para renovação política de 2020.


Se eleita, todavia, vai re-conquistar a cadeira que foi da mãe antes de vencer o pleito de 2018 à Câmara dos Deputados.

Estudante de Relações Internacionais e com vários intercâmbios para trabalhar com população periférica, Tereza Nelma (a filha) é um nome jovem que vem da nova geração do tucanato alagoano.

Portanto, como vem reiterando este espaço, jovens políticos de sobrenomes ou não, a exemplo de Teca Nelma e tanto outros, mas que sejam jovens políticos que façam mudar/inovar/renovar a política desde já.

Redes sociais: @kleversonlevy e @blogkleversonlevy

Deixe um comentário