Blog Kleverson LevyBlog Kleverson Levy

Sem Kelmann, base de Paulo Dantas na Câmara de Maceió fica reduzida

Fato positivo para o prefeito de Maceió, João Henrique Caldas, o JHC (PL), foi a saída do vereador Kelmann Vieira (MDB) da base de sustentação política do governador Paulo Dantas (MDB). Isso ocasionou um desfecho político na Câmara de Maceió, já que o edil se tornou oposição ao Palácio República dos Palmares.

Desde outubro do ano passado, o ex-secretário de Estado de Prevenção à Violência de Alagoas (Seprev) retomou o cargo de vereador para “fortalecer a oposição de forma responsável” contra JHC. De volta à Casa de Mário de Guimarães, Kelmann estava à frente da oposição no embate contra o prefeito de Maceió e era ‘peça chave em defesa’ do Governo de Alagoas na casa legislativa.

Como todos sabem, o vereador emedebista anunciou hoje, 06, que agora “faz oposição ao atual governo [Dantas] por suas convicções, práticas , conduta e lealdade”. O edil relatou – ainda – que continua como candidato pelo MDB, mas em respeito aos senadores Renans Calheiros (pai e filho).

Com isso, o MDB de Dantas, não o de Calheiros, perde Vieira e se mantém com – apenas – três nomes a favor do governador na Câmara de Maceió: Fernando Hollanda (Fefa), Joãozinho e Zé Márcio Filho. A oposição, todavia, diminui na Casa de Mário Guimarães sem Kelmann Vieira.

Por fim, resta saber quem ganha ou perde com esse embate entre o vereador x o governador? Quem? Adivinha, leitores!  

Veremos! 

É isto!

E viva a política dos políticos em Alagoas!

#VidaQueSegue

Email: redacao@blogkleversonlevy.com.br

Redes sociais: @blogkleversonlevy

Kleverson Levy

Especialista na cobertura política em AL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pressione ESC para fechar