Slider

Se uma deputada cobra do Governo atenção aos pedidos no legislativo, o que dizer para um simples cidadão alagoano?

Foto: Ascom/ALE

Foi interessante o discurso feito pela deputada estadual Jó Pereira (MDB) ontem, 21, durante a sessão da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE), para cobrar do Governo de Alagoas mais atenção aos pedidos feitos pelos parlamentares.

Pereira cobrou, de certa forma, ao governador Renan Filho (MDB) e equipe, mais diálogo com o ‘Parlamento Estadual, respeito à independência dos poderes e respostas em relação às indicações, propostas e requerimentos aprovados na Casa de Tavares Bastos’.

As cobranças da deputada estadual deixam claras como a administração ‘Renanzista’ atende aos pedidos de uma parlamentar, eleita pelo voto popular para ser a representante do povo, e com voz e vez no parlamento alagoano.

O Blog Kléverson Levy, inclusive, já reiterou e destacou – por diversas vezes – que Jó tem tido uma posição sensata, referente aos assuntos da Casa de Tavares Bastos, como também, tem mostrado aos colegas que é preciso ter ‘coerência’ de ambos os lados (oposição e situação) para lidar com o cenário político atual.

Portanto, ao querer uma atenção aos pedidos realizados como parlamentar, Jó ressaltou ainda que, para que essa união aconteça, inclusive, no momento em que vivenciamo uma Pandemia de Covid-19, ‘é necessário que o Executivo mantenha com o parlamento um diálogo baseado em fatos e transparência’.

“Precisamos que o líder do governo seja uma larga rodovia de mão-dupla e não apenas um porta-voz do governo. Essa união que o deputado Silvio [Camelo] pede, e eu concordo com ela, não pode soar como um pedido de silêncio desse parlamento. Porque quanto mais for pedido o silencio, sem dialogar, sem trazer encaminhamentos, sem respeitar os poderes e independência desta Casa, mais essa Casa vai gritar e ressoar a voz das ruas. Falta diálogo também com os técnicos que executam a política, seja a política da assistência, educação ou saúde… A união não deve esquecer as necessidades desse Parlamento. Uma delas são as respostas das indicações e requerimentos enviadas ao governo, que na esmagadora maioria das vezes foram aprovadas por unanimidade”, comentou.

Afinal, se uma deputada estadual solicita do Governo atenção aos pedidos feitos na Casa Legislativa, o que dizer – então – de um simples cidadão alagoano que na última segunda-feira, 18, cobrou do governador o que deveria ser obrigação do Estado: dar ao alagoano uma saúde de qualidade ou, no mínimo, uma atenção no momento de uma manifestação em cobrança ao atendimento respeitoso.

Leia + AQui: O que a propaganda não mostra diante da indignação de um cidadão contra o governador

Em abril deste ano…

Jó Pereira também cobrou do Estado, em abril deste ano, a execução do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) em Alagoas. Pereira disse – à época do discurso na ALE – que há quatro anos o Programa foi aprovado na Casa de Tavares Bastos e, nesse mesmo período, cobra do governo de Renan Filho (MDB) para que ele seja executado.

Isso é Alagoas!

Aliás, é o governo – Renan Filho (MDB) – que a propaganda  midiática esconde

#VidaQueSegue

Email: kleversonlevy@gmail.com

Redes sociais: @kleversonlevy e @blogkleversonlevy

Deixe um comentário