RF deixa Barbosa ‘sozinho’ nos 202 anos de Emancipação Política

Foto: Facebook

Sem a presença do governador Renan Filho (MDB), nas comemorações aos 202 anos de Emancipação Política, o vice-governador Luciano Barbosa ficou com a missão de ser o anfitrião do evento.

A rua Sá e Albuquerque, em Jaraguá, ficou tomada de populares que foram ver o desfile das escolas e bandas de fanfarras.

Já a classe política do estado se ausentou –  assim como o governador – da tradicional festa que é tão importante para Alagoas. O palanque das autoridades, de fato, estava ‘vazio’ e sem a presença de políticos (vereadores, prefeitos, deputados e demais) do estado.

Aliás, apenas a deputada estadual Ângela Garrote (PP), segundo fontes do Blog Kléverson Levy, esteve ao lado de Luciano Barbosa durante todo o desfile cívico. Garrote representou até os colegas da Casa de Tavares Bastos e – pelo que se observou –  a classe política alagoana.

Quanto a Renan Filho, entretanto, gravou uma  mensagem – timidamente – postada em suas redes sociais para parabenizar Alagoas.

Ou seja, como chefe de Estado, o governador mostrou/provocou um desprestígio ao povo alagoano por se ausentar de uma data tão importante para toda Alagoas.

Sem nenhuma justificativa plausível, Renan Filho apenas fez o vídeo informal e deixou Luciano Barbosa ‘sozinho’ nos 202 anos de Emancipação Política.

Eis aí o governador de Alagoas reeleito com mais de um (1) milhão de votos (77.3% válidos) pelo povo alagoano. Assista ao vídeo da mensagem dos 202 anos Clicando Aqui!    

Deixe um comentário