Retorno de Ronaldo Medeiros à ALE abre vaga de diretor-presidente da Arsal

Fotos: Redes Sociais

Em fevereiro de 2021, o atual diretor-presidente da Agência Reguladora de Serviços de Alagoas (Arsal), Ronaldo Medeiros (MDB), retornará ao cargo de deputado estadual na Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE).

Medeiros (1ª suplente) vai ocupar a vaga deixada pelo então prefeito eleito de Coruripe, Marcelo Beltrão (MDB), que assume o município nesta sexta-feira, 01 de janeiro.

Ronaldo, ao tomar posse do comando da Arsal, teve a grande missão de tentar ‘limpar’ a imagem do órgão por conta das manchetes negativas contra gestões anteriores. Tanto que várias denúncias foram motivos de destaque na imprensa alagoana e, principalmente, aqui no Blog Kléverson Levy.

Após a chegada do ex-deputado estadual, em meados de maio de 2019, a Arsal mudou e limpou a imagem que vinha assombrando os corredores do órgão com denúncias até no Ministério Público Estadual (MPE).

Com o emedebista à frente da hoje chamada “Nova Arsal” houve uma reestruturação, melhora nos serviços propostos, organização institucional e a agência passou a atender como prestadora de serviços para os alagoanos.

Quanto ao fato das interferências políticas de prefeitos, vereadores e até deputados, por exemplo, Ronaldo Medeiros soube conduzir – politicamente – e a Agência Reguladora de Serviços de Alagoas foi desburocratizada para todos.

Portanto, após reestruturar e organizar uma das autarquias mais importantes do Governo de Alagoas, o ex-deputado e futuro parlamentar volta à Casa de Tavares Bastos com missão e dever cumprido para o que foi fazer dentro do órgão.

Por outro lado, abre vaga para que o governador Renan Filho (MDB) – sem muitos esforços – nomeei um novo nome para comandar a Arsal, principalmente, na reforma administrativa que ocorrerá no Palácio República dos Palmares em 2021.

Por fim, a pergunta que não quer calar:

Ronaldo Medeiros, como deputado estadual, manterá um nome para chamar de “seu” (nomeação dele) ou vai entregar a estrutura que foi totalmente organizada na sua gestão para que RF possa acomodar os futuros aliados?

Será?

Redes sociais: @kleversonlevy @blogkleversonlevy

Deixe um comentário