Webbanner_BEM_728x90px
Webbanner_BEM_728x90px

Renan Filho faz”palhinha” para espantar os males (oposição?)

De certo que o governador Renan Filho (MDB) vai – caminhando – tranquilamente em busca de sua reeleição.

Na capital ou interior, RF tem intensificado suas andanças mesmo sabendo que não há – ainda – um opositor forte e capaz de derrotá-lo nas urnas de 2018.

A caravana do Palácio República dos Palmares está em clima de “tranquilidade” pela disputa de outubro. A garantia de mais quatro anos faz os aliados do governador respirarem aliviados a cada mês que se aproxima do pleito.

Tanto assim que, no último domingo, 01, iniciando o mês de julho, o governador esteve em maratona institucional – e precisamente eleitoral – pelo litoral sul de Alagoas. Entregou algumas obras, veículos, deu Ordem de Serviço (OS), prometeu, discursou e se mostrou forte ao estar rodeado de aliados políticos.

Sem concorrentes, de fato, Renan Filho faz e desfaz com a máquina administrativa do Estado nas mãos para beneficiar o alagoano. De forma que se ele – RF – não precisa disputar o voto a voto, por outro lado, o necessário é atrair olhares em torno da eleição do senador Renan Calheiros (MDB).

Porém, essa é uma outra história!

Entretanto, o que chamou mesmo atenção da agenda intensificada pelo interior é que o governador, se mostrando carismático e com uma postura não formal (solene), arriscou uma “palhinha” na cidade de Penedo.

Ao som de “Maceió, minha sereia”, o governador tentou agradar (se conseguiu, não sei!) aos professores, alunos e todos que estavam presentes na inauguração da Escola Estadual Comendador José da Silva Peixoto.

Ou seja, o governador que canta não mais para espantar os males de uma eleição, contudo, deve cantar para uma oposição que também não existe mais em Alagoas.

Será?

Por fim, canta Renan Filho!

Deixe um comentário