webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px
webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px

Pesquisas divulgadas em Alagoas deixam grupos políticos de ‘orelhas em pé’

Por Kléverson Levy

Nos últimos dias, algumas pesquisas de intenção de votos estão sendo divulgadas por alguns Institutos em Alagoas. Os resultados e os dados têm deixado os grupos políticos de “orelhas em pé”.

São amostras que fazem uma projeção futura que pode ser vista como o cenário do próximo pleito eleitoral. Os bastidores da política dizem – ainda em dúvidas – que o governador Renan Filho (MDB) não fará um sucessor para sua cadeira.

Isso tem feito com que prováveis nomes ao Palácio República dos Palmares sejam colocados para avaliação da população. Apesar dos resultados atuais, as pesquisas fazem um apontamento do cenário que poderá haver grandes mudanças até abril 2022.

Foi o que mostrou o Instituto Falpe, na pesquisa realizada em Maceió, entre 30 de abril a 03 de maio. 1.044 pessoas na zona urbana da capital alagoana foram ouvidas.

O prefeito João Henrique Caldas, o JHC (PSB), e o deputado Davi Davino Filho (PP) lideram na capital alagoana à corrida eleitoral para o Governo do Estado.

JHC aparece líder com 26%. Davi Filho, segundo colocado, recebeu 22% das intenções de votos. Já o secretário de Segurança, Alfredo Gaspar (MDB), foi o terceiro mais citado com 16,5%.

Ou seja: o Falpe aponta para um cenário bem provável e que pode acontecer, na disputa ao Governo de Alagoas, e que tem deixado – de fato – os grupos políticos de “orelhas em pé”.

Qual seria a mudança desse cenário de hoje para amanhã (futuro)?

Tudo vai depender de Renan Filho. Caso deixe a cadeira para disputar o Senado Federal e, por ironia da política (destino?), Marcelo Victor (SD) assumir o comando como chefe do Estado em Alagoas.

Será?

#VidaQueSegue

Email: redacao@blogkleversonlevy.com.br

Redes sociais: @blogkleversonlevy

Deixe um comentário