PMM---VACINA-MACEIO---WEBBANNER-728x90px

Pai de vereador faz troca de ‘acusações’ com outro edil em rede social

Por Kléverson Levy

Ontem, 25, após a aprovação da Lei Orçamentária Anual (LOA) para o ano de 2021, a discussão se estendeu nas redes sociais do vereador Samyr Malta (PTC).

Em sua conta oficial no Instagram, Malta explicou que votou favorável à LOA, todavia, contrário à emenda proposta pelo relator da Comissão de Orçamentos, o vereador João Catunda (PSD), devido ao aumento do duodécimo da Câmara de Maceió.

“Durante a sessão ordinária desta terça-feira (25), votei favorável à Lei Orçamentaria Anual, mas me posicionei de forma contrária à emenda proposta pelo relator da comissão de orçamentos, que prevê aumento do duodécimo da Câmara. Sempre defendi que independente do aumento de vereadores, o orçamento deve se manter igual. Estamos em uma nova legislatura, mas o meu discurso é o mesmo: a representatividade aumenta, mas o dinheiro não”, escreveu Samyr Malta.

Por conta desta postagem acima, o pai (Edmundo Catunda) do relator-vereador saiu em defesa do filho (João), apontando algumas situações que até poderiam ser de bastidores, mas que ganharam atenção e discussão na postagem de Samyr Malta.

Algumas delas, inclusive, colocando em “xeque” os gastos financeiros dos gabinetes dos vereadores; R$ 12 milhões para associações sob comando dos vereadores; R$ 3, 2 milhões de aumento no duodécimo; e até o consumo de R$ 10 mil reais em combustíveis para os edis de Maceió.

Confira Abaixo!

Por fim, quanto ao fato da troca de ‘farpas’ entre o pai do vereador com outro edil na rede social, de fato, é o que temos para quem vive no Instagram – aberto – para quaisquer discussões, sugestões e opiniões.

Aos leitores…. tirem suas conclusões e avaliações!

É isto!

#VidaQueSegue

Email: redacao@blogkleversonlevy.com.br

Redes sociais: @blogkleversonlevy

Deixe um comentário