Blog Kleverson LevyBlog Kleverson Levy

O que há por trás de toda uma estrutura montada de som, palco e iluminação?

Na semana passada, a Folha de Alagoas trouxe uma informação sobre o “Marajá do ramo de produção artística se notabiliza pelo trânsito na gestão de Maceió”. Fato é que o gigante (que era bem pequeno) empresário no ramo de contratações de shows, estrutura de palco, som, iluminação, trios elétricos, por exemplo, tem chamado atenção pela estrondosa subida no meio artístico de eventos e shows em Maceió. 

Tratado de ‘Inho (s)’, como curiosamente o empresário ( ou os empresários) é conhecido no meio em que tem acesso livre, os “homens de confiança (de quem?)” transita livremente também entre a ponte aérea Maceió-Recife e Brasília.

No entanto, o que há por trás de toda uma estrutura montada de som, palco e iluminação, a exemplo da montagem do São João Massayó 2024?

Além da gastança para o pagamento de artistas que se apresentarão nos dias de festa, a exemplo de Gusttavo Lima (R$ 1.200.000,00), Jorge e Mateus (R$ 906.000,00), Wesley Safadão (R$ 900.000,00), Victor e Léo (R$ 750.000,00), Luan Santana (R$ 700.000,00), Nattan (R$ 700.000,00) e Alok (R$ 650.000,00) como um dos maiores cachês, a prefeitura desembolsa muita grana para estrutura que será montada no local.

Sem falar que apenas três ou quatro empresas, de estreito caminho forte entre os empresários ligados ao Poder Executivo, fazem a “Prestação de serviços de locação de equipamentos de som, iluminação, palcos e outros, incluindo montagem, utilização, desmontagem, manutenção, e apoio logístico, para a realização de eventos” de toda estrutura municipal.

Afinal, sabemos que – diante de tudo o que foi escrito neste texto – há quem trabalhe honestamente, ganhando o pão a cada dia e vivendo de shows e eventos. Apesar de toda a gastança em Maceió, há uma grande geração de emprego, renda e trabalho para milhares de pessoas.

Por outro lado, também é possível perceber que vários órgãos do município de Maceió que contratam algumas empresas – basta olhar o Diário Oficial do Município – chamam atenção pela descrição do valor o tornar o serviço em “Pagamento de acordo com a demanda e necessidade do órgão”, o que não deixa claro os valores que seriam ou serão pagos pelos eventos do Executivo.

Alô, MP Alagoas!

Por fim, é mês de Junho para soltar balão, acender fogueira, curtir o São João Massayó e comemorar  os festejos na farra com o dinheiro público. Aguardem novidades!

Viva São João!!!

É isto! 

E viva a política dos políticos em Alagoas!

#VidaQueSegue

Email: redacao@blogkleversonlevy.com.br

Redes sociais: @blogkleversonlevy

Kleverson Levy

Especialista na cobertura política em AL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pressione ESC para fechar