webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px
webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px

O que ficou claro na coletiva de imprensa entre RRs?

Foto: Pei Fon/Secom Maceió

Quase tudo ficou claro! Tanto o governador Renan Filho (MDB) quanto o prefeito de Maceió, Rui Palmeira (sem partido), não foram falar da aliança recente em torno do nome do ex-PGJ, Alfredo Gaspar de Mendonça, à Prefeitura da capital.

Os RRs (leia-se a partir de agora no Blog Kléverson Levy, portanto, a abreviação de Renan e Rui como aliados) foram explicar sobre projetos de expansão da rede de saneamento básico em Maceió e fortalecimento da parceria para execução de obras públicas.

Sim! Coisas administrativas e parcerias entre Prefeitura e Governo. A parte política é uma outra história (ou estória?).

Afinal, a dupla RR não deu muito espaço para que a imprensa pudesse indagar sobre a “Nova (Maceió) Aliança” com o ex-PGJ. Apenas falaram de obras para Maceió.

Porém, sabe-se apenas que ambos afirmaram que Dr. Alfredo Gaspar é um nome apropriado para ser o candidato – deles – ao Executivo maceioense. Ponto final!

Já a união entre os RRs, ainda que estarrecida para os próprios aliados, deixou claro um desejo em comum: “juntos” em 2020 e, como em política nada é estável, inclusive, alianças feitas hoje, poderá durar até 2022.

Será? 

Leia Também: Aliança entre Rui e Renan tem um grau de vantagem que não é política

#VidaQueSegue

Deixe um comentário