Multas de trânsito em AL fazem do Detran uma autarquia milionária

Fotos: Internet

É bem verdade que multas por erros dos motoristas ou imprudências deixam o Detran-AL cada vez mais com o cofre milionário e o Estado com o nível de arrecadação altíssimo.


O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AL) é uma verdadeira ‘mina de ouro’ que o alagoano não desfruta do que deveria ser oferecido com o que arrecada, principalmente, por conta das multas de trânsito que – muitas vezes – é considerada para alguns cidadãos como uma “indústria de multas”.

Só em 2019, de acordo com dados obtidos pelo Blog Kléverson Levy, em razão dos valores oficiais do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), foram mais de R$ 10 milhões arrecadados apenas no ano passado.


Os dados estão no Sistema de Administração Financeira do Estado (Siafe) e apontam que, entre janeiro e junho de 2019, o governo obteve cerca de R$ 6.166.151,86 (Seis milhões, cento e sessenta e seis mil, cento e cinquenta e um reais e oitenta e seis centavos).


Já em 2018, o Detran-AL encheu o cofre do órgão com quase R$ 12 milhões em multas de trânsito. Veja tabela abaixo!

Isso se deve, claro, devido ao aumento das fiscalizações em pontos estratégicos do estado, onde viaturas e policiais se aglomeram para multar – de fato – motoristas irregulares ou com algum documento (IPVA, por exemplo) atrasado.


Inclusive, ao indagar um policial que fazia uma blitz rotineira numa rodovia estadual, o Blog Kléverson Levy obteve uma resposta bem objetiva: “arrecadar para o Estado”.


Portanto, arrecadar dinheiro para o Governo de Alagoas é um dos propósitos – além da fiscalização de rotina – das grandiosas blitzes em rodovias estadual e grande parte da capital alagoana.

Por fim, não desmerecendo o trabalho voltado para segurança de motoristas e pedestres, essenciais para melhorar o trânsito e coibir irregularidades, a exemplo da Lei Seca (importante a continuidade e o trabalho ostensivo), mas, nas rodovias do estado e, principalmente, pelo interior alagoano, muitas blitz servem – de fato – para obter os milhões que entram nos cofres públicos do governo de Renan Filho (MDB) em Alagoas.
Todavia, esse é o resultado do Detran-AL (via DER) que engorda a conta em milhões para os cofres do Estado com multas, taxas, emplacamentos de veículos e, entre outras cobranças para o cidadão, mas oferece ainda um serviço que precisa ser adequado aos tempos tecnológicos.


Email: kleversonlevy@gmail.com

Redes sociais: @kleversonlevy e @blogkleversonlevy

Com informações do BR104.com.br

Deixe um comentário