PMM---VACINA-MACEIO---WEBBANNER-728x90px

MPE ainda analisa informações sobre “dívidas milionárias” em Coruripe

Por Kléverson Levy

Há cerca de um mês, o Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE) abriu inquérito civil para apurar o prefeito Marcelo Beltrão (PP) pelo não envio de documentos e nem comprovação de “dívidas milionárias” apontadas pelo gestor.

Em 06 de abril, o MPE instaurou um inquérito civil cobrando de Beltrão a documentação relacionada às dívidas que foram citadas pelo gestor e não encaminhadas ao órgão.

O imbróglio se deu logo depois que o prefeito fez um “balanço” dos primeiros meses de administração à frente da Prefeitura local e denunciou que seu tio e ex-prefeito, Joaquim Beltrão (MDB), tinha deixado dívidas – ou “rombo” – milionárias detectadas então pela sua gestão.

Leia + AQui! MPE abre inquérito civil para apurar prefeito que não enviou documentos e nem comprovou “dívidas milionárias”

Com tais denúncias, o promotor de Justiça, Maurício Mannarino, da 2ª Promotoria de Justiça da cidade, abriu o inquérito civil, dando um prazo de 05 (cinco) dias, para analisar toda documentação relativa à notícia veiculada de que a gestão municipal de Coruripe herdou dívidas milionárias com o INSS, Banco do Brasil, Câmara de Vereadores e Educação.

Qual o resultado?

Em contato com a assessoria do MPE-AL, o Blog Kléverson Levy foi informado que promotor de Justiça, Maurício Mannarino, da 2ª Promotoria de Justiça de Coruripe, ainda está analisando a documentação recebida pela Prefeitura de Coruripe.

“O promotor disse que está analisando a documentação recebida e que, após avaliar toda documentação enviada ao MPE, informará qual será o próximo passo nesta ação”, explicou a assessoria.

Vamos aguardar e cobrar!

MPE analisa documentação enviada pela gestão de Beltrão / Fotos: Assessoria

Em tempo!

Hoje, 01 de maio, fazem 120 dias da nova gestão municipal e o prefeito decretou situação de emergência administrativa, em 05 de janeiro de 2021.

Ou seja, não consta no Portal da Transparência nenhuma informação a respeito das contratações, procedimentos licitatórios e outros gastos da atual gestão municipal, bem como, os salários que são pagos aos servidores públicos de Coruripe.

Leia + AQui! Coruripe: gestão marcada pelo desemprego e ‘maquiagem’ administrativa

#VidaQueSegue

Email: redacao@blogkleversonlevy.com.br

Redes sociais: @blogkleversonlevy

Deixe um comentário