Webbanner_BEM_728x90px
Webbanner_BEM_728x90px

JHC tem sido o próprio ‘marketing’ pessoal que surte efeitos nas redes sociais

Por Kléverson Levy

Muita gente tem criticado o prefeito João Henrique Caldas, o JHC (PSB), pela maneira em que vem administrando Maceió, aos 100 dias de governo, e até a exacerbada utilização das redes sociais para falar da gestão e se comunicar com público da capital alagoana.

De fato, o prefeito de Maceió tem em suas mãos um meio de comunicação gratuito em que ele usa – há tempos – e faz seu próprio ‘marketing’ pessoal e político.

JHC, inclusive, foi até batizado de ‘prefeito Instagram e/ou Twitter’, as duas ferramentas importantes que dão maiores visibilidades na internet.

O gestor da capital alagoana sabe que o público, no qual ele atinge, está – justamente – nas redes sociais. Sabe ainda que é ex-deputado e prefeito maceioense com o empurrão do ‘mundo virtual’.

Foi assim que JHC conseguiu ser o deputado federal mais votado em Alagoas, por duas vezes consecutivas, e se consagrar prefeito de Maceió na eleição de 2020.

Segundo fontes do Blog Kléverson Levy, o prefeito maceioense tem feito o que obtém como resultados -positivos e negativos – através das métricas (os indicadores utilizados para medir os resultados das redes sociais).

Daí, obtém-se o que diz, faz, posta e mostra aos seguidores.

Por outro lado, o prefeito JHC faz o que sabe, mostra o que é interessante para o público dele e, monitorado nas redes, fala a linguagem que está no dia a dia do Instagram e/ou Twitter.

Afinal, foi assim que JHC cresceu – politicamente e em partes – nas duas últimas eleições e chegou a ser eleito o chefe do Executivo de Maceió.

São, atualmente, um público de 229 mil seguidores no Instagram e mais de 10 mil no Twitter.

Como resultado: JHC tem sido o próprio ‘marketing’ pessoal que surte efeitos nas redes sociais, nas ruas e, pelo visto, em grande parte de Maceió.

Será?

#VidaQueSegue

Email: redacao@blogkleversonlevy.com.br

Redes sociais: @blogkleversonlevy

Deixe um comentário