Slider

Governador vai na contramão da crise ao injetar R$ 8 milhões na Secom

Foto: Márcio Ferreira/Agência Alagoas

Na contramão do que vem afirmando e fazendo no estado de Alagoas, diante do trabalho no combate ao Coronavírus, o governador Renan Filho (MDB) vai de encontro ao momento que é – unicamente – investir em saúde e ajudar os alagoanos na luta contra o Covid-19.

O pronunciamento de Davi Maia (DEM), na Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE), sugere uma discussão a ser questionada ao Palácio República dos Palmares que quer investir – neste momento – R$ 8 milhões na Secretaria de Estado da Comunicação (Secom) em crédito suplementar.

“Hoje [25] fui surpreendido com uma decisão do Governo de Alagoas. Que deu 6 milhões, pasmem os senhores, para a  comunicação. Informação é fundamental, eu sei. Mas acredito que esse é o momento de reforçar o caixa da secretaria de saúde do estado e as secretarias municipais. Afinal, qualquer pronunciamento do governador tem, obviamente, uma grande repercussão e cobertura da mídia. Mídia essa que já reforçou sua programação para levar ao cidadão informações corretas e atualizadas”, disse o parlamentar na última quarta-feira, 25.

Não é discurso de oposição (no caso de Davi Maia) ou muito menos uma avaliação do Blog Kléverson Levy contra o chefe do Executivo estadual, afinal, a informação está publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) de 25 e 19 de março.

Os Decretos Nº 69.543, de 25 de Março de 2020, e o Nº 69.528, de 19 de Março de 2020, revelam que “Fica aberto à Secretaria de Estado da Comunicação, o crédito Suplementar nos valores de R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais) e R$ 6.000.000,00 (seis milhões de reais), para reforço de dotações consignadas no orçamento vigente”.

Nas duas publicações, no entanto, Renan Filho quer colocar mais dinheiro na Secom para “promoção de planos de mídias/campanhas” e, em tempos de Coronavírus, tentar (sem sucesso) fazer com que a publicação do DOE fosse “despercebido” na imprensa.

De fato, o governador tem tomado algumas medidas importantes e vem ganhando visibilidade devido ao excelente trabalho – junto da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau)- em tempos de Covid-19.

Entretanto, erra ao querer gastar R$ 8 milhões no momento em que muitos meios de comunicação, a exemplo do Blog Kléverson Levy, vem divulgando ações do Governo de Alagoas como prestação de serviço à população e informando sobre cada medida tomada pelo Estado no combate ao Coronavírus.

Aliás, em tempos de redes sociais RF, a Sesau e o Governo de Alagoas estão bem assistidos pelos internautas em lives diárias no Instagram e Facebook. Ou seja, gratuitamente e sem investir/gastar um centavo!