webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px
webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px

“Golpe do Diploma” : Criação de CPI na ALE à espera da documentação de faculdades

Foto: Assessoria

Esta semana, o deputado estadual Marcelo Beltrão (MDB) reforçou o pedido de apoio dos colegas na Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) para a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigue –  de fato – diversas Instituições de Ensino Superior envolvidas no famigerado “golpe do diploma”.

Segundo a assessoria do parlamentar, em conversa com o Blog Kléverson Levy, a demora está no envio de informações, solicitada através de ofícios, sobre o número de alunos matriculados, número de diplomas expedidos, lista nominal e, por exemplo, polos de ensino existentes no estado, para que o deputado possa dar andamento ao pedido da CPI. 

“Estamos aguardando a chegada de informações que foram solicitadas a todas as instituições citadas. Assim que chegarem, tomarmos as devida providencia. Precisamos parar essa oferta irregular do ensino superior. Mas, além disso, propor uma saída para os que tiveram o sonho interrompido, envolvendo a bancada federal e o Governo do Estado, para que essas pessoas mantenham os sonhos acessos e consigam ter sua formação superior de forma legal. Até caso não obtenhamos respostas isso nos dá um alerta de que precisamos avançar e aí daremos nosso próximo passo, com a permissão do Plenário para a CPI”, disse o parlamentar. 

Na Casa de Tavares Bastos, ressalte-se, Marcelo Beltrão – que também é presidente da Comissão de Educação – já deve contar com o apoio da maioria dos deputados para criação da Comissão de Inquérito. 

Diante da repercussão nacional de mais um fraude, desta vez, em uma Instituição que também pode está envolvida no golpe em Alagoas e, da divulgação do cancelamento de diplomas realizado pela Faculdade Albert Einstein, o deputado estadual ressaltou a importância de levar o trabalho ainda mais à diante. 


“Estamos caminhado para a instalação de uma CPI e precisamos do apoio dos deputados estaduais. Alguns já sinalizaram positivamente e a participação da Assembleia neste processo é muito importante. O golpe ainda está sendo aplicado, ofertando vagas aos alagoanos que desejam ter o sonho da formação superior e estão sendo enganados. Então, esta Casa precisa estar unida nesta causa, junto com os órgãos de fiscalização e o Ministério da Educação para que possamos parar com essa fraude que vem lesando milhares de alagoanos”, explica Marcelo Beltrão. 

É aguardar! 


Deixe um comentário