webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px
webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px

“Formação de um grupo partidário forte”, diz Beltrão sobre aliança com Palmeira

Por Kléverson Levy

Nos bastidores da política alagoana, a aliança política entre o ex-prefeito de Maceió, Rui Palmeira (ainda no Podemos), e o deputado federal Marx Beltrão (PSD), vem causando certo ‘desconforto político’ para o pleito de 2022.

A matemática eleitoral, segundo os especialistas da área, é simples: o Partido Social Democrático (PSD) poderá ganhar dois e, a depender da votação na eleição do próximo ano, ocupar até uma terceira cadeira na Câmara dos Deputados.

Em Alagoas, com dois deputados estaduais (Yvan Beltrão e Gilvan Barros Filho) e um deputado federal (Marx), analisando o fato do pleito vindouro, o PSD tem tempo de TV e se tornou uma sigla de interesse na formação de ‘chapas’ para 2022.

O Blog Kléverson Levy indagou ao deputado Marx Beltrão, que também é presidente do partido no estado, qual a avaliação que ele fazia dessa nova aliança – repentina – com o ex-prefeito de Maceió.

Beltrão, todavia, ressaltou que com o ex-gestor da capital alagoana o ‘PSD se torna maior e, a união com Rui Palmeira, o início da formação de um grupo partidário forte para a eleição do próximo ano’.

“Essa união significa o início da formação de um grupo partidário forte. O PSD se torna maior do que já é atualmente. Hoje temos dois deputados estaduais [Yvan e Gilvan], além de um deputado federal”, comentou o parlamentar.

Afinal, como escreveu já o Blog Kléverson Levy, a aliança Beltrão-Palmeira-PSD tem como projeção o fortalecimento do partido em Alagoas. Leia + AQui! Aliança de Palmeira com o PSD é caminho para 2 vagas de federal em 2022

Projeção é eleger até três federais (diante da “chapa” Marx-Rui) / Fotos: Redes Sociais

2022

Essa união, no entanto, já causa preocupação – via quociente eleitoral -com a possibilidade de duas cadeiras de federal estarem “quase que garantidas”.

“Amanhã [futuro de 2022] teremos de dois a três deputados federais. Poderemos ter de quatro a cinco deputados estaduais. Portanto, estamos em diálogo com outros partidos e trabalhando na formação de novas alianças”, respondeu Marx Beltrão.

Por fim, não esqueçam que a eleição de 2022 pode ter conversas de bastidores nos escritórios e gabinetes de Alagoas, mas, como sempre escrevi e reitero que é praxe: a decisão acontece nos corredores de Brasília.

É lá, na capital federal, entre portas fechadas nos escritórios e gabinetes políticos, que vem o xadrez eleitoral de qualquer eleição majoritária no estado.

É isto!

#VidaQueSegue

Email: redacao@blogkleversonlevy.com.br

Redes sociais: @blogkleversonlevy

Deixe um comentário