PMM---H1N1---728X90px (2)
PMM---BEM---WEBBANNER-728X90px (1)

Flávia Cavalcante faz balanço de cinco meses de mandato na ALE

Através da assessoria de imprensa, a deputada estadual Flávia Cavalcante (PRTB) enviou uma nota fazendo um balanço de seu mandato na Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) em cinco meses de mandato.

Já escrevi aqui no Blog Kléverson Levy que há bons deputados na Casa de Tavares Bastos que atuam com convicções, ideias e pensamentos contrários aos que tentam impor condições e discussões dentro do plenário.

Flávia Cavalcante, do litoral norte de Alagoas, tem sido uma parlamentar que vem se destacando pela atuação em plenário e na realização do trabalho, principalmente, em sua região. São 14 indicações, três projetos de lei e um requerimento como prestação de contas das atividades na ALE.

As proposituras vão desde a criação de CISPes (Centros Integrados de Segurança Pública) em municípios da região Norte de Alagoas, a melhoria em rodovias estaduais, a pavimentação em conjuntos residenciais até a cobrança de esclarecimentos por parte da Distribuidora de Energia Elétrica do Estado de Alagoas.

Junto com as deputadas Fátima Canuto (PRTB) e Ângela Garrote (PP), Cavalcente apresentou uma indicação para que seja empreendido os esforços no sentido de instituir um programa voltado para a preparação para a vida, das crianças e adolescentes em situação de adoção tardia nos abrigos do Estado.

Os projetos de lei apresentados pela parlamentar são o dia estadual de combate ao feminicídio, o dia da fibromialgia em Alagoas e declarar de utilidade pública o Instituto Maceió.

“Ainda temos mais trabalhos neste segundo semestre, projetos de lei e indicações para beneficiar o povo de Alagoas”, disse Flávia Cavalcante.

As mulheres na ALE

Os novos eleitos em 2018 somaram doze (12) deputados estaduais, entre eles, as quatro (4) mulheres que também terão quatro (4) anos para mostrar o trabalho na Casa de Tavares Bastos.

As cadeiras femininas são ocupadas por Cibele Moura (PSDB), Flávia Cavalcante (PRTB – que retoma o mandato após deixar a disputa em 2014), Fátima Canuto (PRTB), Jó Pereira (MDB) e Ângela Garrote (PP).

As mulheres parlamentares, segundo analistas da política, vêm se destacando muito mais que os homens. Afinal, ser deputado estadual em Alagoas é saber lidar com tudo e todos mediante aceitação ou não do que acontece nos bastidores.

Portanto, o ‘destaque e/ou se destacar’ terá aquele (a) parlamentar que souber fazer a nova/boa/diferenciada política nos momentos atuais de redes sociais que influenciam bastante na vida dos brasileiros.

Por fim, o Blog Kléverson Levy lembra aos nobres políticos da Casa de Tavares Bastos que o trabalho legislativo deve ser feito pela boa política de Alagoas e na defesa dos alagoanos!


Deixe um comentário