webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px
webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px

Familiares de corretor assassinado temem pela soltura dos acusados por parte da Justiça

Por Kléverson Levy

Em contato com o Blog Kléverson Levy, familiares do corretor de imóveis e ex-candidato a vereador, Reginaldo Fernandes dos Santos, o Régis Corretor, disseram que estão preocupados com a informação de que os acusados no assassinato podem ser soltos pela Justiça.

Em 23 de agosto, após 120 dias do crime, a Polícia Civil de Alagoas (PC-AL) realizou uma operação integrada nas cidades de Palmeira dos Índios e Igaci, dando cumprimento a mandados de prisão e de busca e apreensão contra suspeitos de praticar o crime.

Durante a operação, os policiais prenderam os dois acusados e conseguiram recuperar objetos subtraídos pelos criminosos. Porém, há quase 30 dias, os dois acusados estão presos aguardando por uma decisão judicial sobre o inquérito policial que já foi concluído e entregue à Justiça.

Corretor foi encontrado morto dentro de sua residência / Fotos: Facebook

Familiares de Régis temem que os dois assassinos fiquem soltos e pedem – publicamente – que seja dada a prisão preventiva para que os acusados paguem pelo crime que chocou a cidade de Palmeira dos Índios.

“Se o Ministério Público Estadual [MPE] e o judiciário não se pronunciarem, de fato, os dois podem ser soltos pelos próximos dias. É inadmissível que os acusados, e réus confessos, ganhem liberdade após esse crime brutal. Lá se vão mais de quinze dias que o processo ‘dorme’ sem qualquer pronunciamento do MPE e até do juiz criminal. Nós, familiares e os amigos, pedimos às autoridades que sejam decretadas suas prisões preventivas para que paguem pelo assassinato cruel do nosso Régis”, relatou um familiar da vítima.

Portanto, não é possível que a Justiça seja conivente para a soltura dos acusados que também confessaram o crime ocorrido em abril deste ano, quando o corretor foi encontrado morto dentro de sua residência, na cidade de Palmeira dos Índios.

Que não fique impune!

É isto!

#VidaQueSegue

Email: kleversonlevy@gmail.com

Redes sociais: @blogkleversonlevy

Deixe um comentário