Slider

Falta de Recursos: secretário anuncia paralisação da obra do Canal do Sertão

Foto: Márcio Ferreira/Agência Alagoas

Pelo twitter, o secretário de Estado da Infraestrutura, Maurício Quintella Lessa, anunciou que a obra do canal do sertão foi paralisada nesta segunda-feira, 14. 

Segundo Quintella, o motivo se dá por falta de recursos oriundos do Governo Federal. 

Na postagem do twitter, o secretário também fez questão de marcar os deputados federais e senadores alagoanos, bem como, o presidente Jair Bolsosnaro (PSL) e ministros do atual governo. 

O canal do sertão alagoano, a obra hídrica mais importante para Alagoas e uma das maiores do Nordeste, parou hoje por falta de recursos do Governo Federal. Essa obra não pode ser paralisada”, denunciou.

Em setembro, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) pagou, numa sexta-feira (20), R$ 16 milhões ao Governo de Alagoas para o Trecho IV do Canal do Sertão Alagoano. 

A liberação do recurso, inclusive, também havia anunciada pelo secretário de Renan Filho e o próprio governador nas redes sociais.

Depois de meses de tratativas do Governo do Estado com o Ministério do Desenvolvimento Regional, ontem foi repassado 16 milhões de reais para a Obra do Canal.  Esperamos que os recursos voltem a ser destinados pelo @mdregional_br conforme o cronograma da obra. O Canal do Sertão Alagoano é uma obra vital para o Estado de Alagoas”, escreveu Quintella à época. Portanto, de ontem para hoje, Maurício Quintella alertava sobre a paralisação das obras do canal do sertão.

Anúncio em Cacimbinhas

Na Emancipação Política de Cacimbinhas, por exemplo, o governador e o secretário de Estado da Infraestrutura aproveitaram a presença do deputado federal, Isnaldo Bulhões (MDB), e anunciaram a liberação do valor que era destinado à conclusão do Lote 4 do Canal do Sertão.

Por fim, é aguardar o que vai dizer o Governo Federal.


Deixe um comentário