PMM---H1N1---728X90px (2)
PMM---BEM---WEBBANNER-728X90px (1)

Exclusivo: juíza decide pelo cancelamento da eleição na Uveal

Por decisão da juíza Silvana Maria Cansanção de Albuquerque, da 3ª Vara de Arapiraca, a eleição da União dos Vereadores de Alagoas (Uveal) está cancelada. No próximo sábado, 31 de agosto, os vereadores de todo estado de Alagoas escolheriam a nova diretoria da entidade para o biênio 2019-2020.

Após a chapa de oposição, comandada pelo vereador Eduardo Tenório (PMN), de Quebrangulo, solicitar na Justiça que anulasse o processo eleitoral por haver “erros”, a magistrada cancelou a eleição e concedeu a liminar sob pena de multa diária no valor de R$ 1000,00 (Um mil reais) se o pleito for adiante.

Na decisão de Nº 0707070-55.2019.8.02.0058, a juíza entendeu que a eleição estava ‘diante de vícios’ e que não detém a imparcialidade necessária para conduzir o processo eleitoral sub judice. Além disso, pediu ainda que Uveal renove todo o processo eleitoral com a nomeação de Comissões Eleitorais imparciais e que respeitem os princípios de uma disputa – juridicamente – legal.

Diante do exposto, CONCEDO, inaudita altera parte”, a tutela antecipada pleiteada, para o fim de DETERMINAR que a requerida, UNIÉO DOS VEREADORES DE ALAGOAS – UVEAL, sob pena de multa diária no valor de R$ 1000,00 (Um mil reais): A) SUSPENDA as Eleições para a Diretoria do UVEAL, convocada para o próximo dia 31 de agosto de 2019, até o julgamento final da demanda; b) No mérito, ANULE todo o processo eleitoral diante dos vícios insanáveis que permearam o processo até o presente momento; c) RENOVE todo o processo eleitoral, desde o seu início, com a nomeação de Comissões Eleitorais imparciais e que respeitem os princípios que deveriam nortear o processo eleitoral. Após, Cite-se o requerido para contestar a ação, no prazo de 15 dias (art. 335, inciso III, do CPC)“, decide a juíza Silvana Maria Cansanção de Albuquerque.

Resposta da oposição!

Ao Blog Kléverson Levy, a mensagem que chega do candidato de oposição a presidente, Eduardo Tenório, é que a chapa formada pelo atual presidente, Fabiano Leão (MDB), de Arapiraca, queria impedir a candidatura e ganhar no ‘tapetão’.

Tenório explicou também que conseguiu – juridicamente – à prorrogação da eleição que seria no próximo sábado dia 31, para uma nova data a ser marcada e realizada pelos próximos 60 dias.

“Devido a tentativa do atual presidente querer nos impedir de concorrermos e ganharmos no voto, com o intuito de ganhar no tapetão, nossa chapa pediu e conseguiu juridicamente à prorrogação da eleição que seria no próximo sábado, 31, para nova data a ser marcada. Esperamos que seja realizada nos próximos 60 dias!! Vamos tomar a UVEAL desse que quer se tornar um ditador, em busca de benefícios próprios, para devolvermos aos vereadores e, sendo assim, valorizar nossa classe como um todo!!! A luta continua pedindo voto de cada colega vereador para que possamos dar uma resposta no voto a esse mini-ditador!!!”, escreveu Eduardo Tenório.

Por fim, o Blog Kléverson Levy deixa o espaço aberto para manifestações da chapa e/ou do atual presidente e candidato à reeleição, Fabiano Leão (MDB).

#VidaQueSegue

Email: kleversonlevy@gmail.com
Redes sociais: @kleversonlevy e @blogkleversonlevy 

Deixe um comentário