PMM---H1N1---728X90px (2)
PMM---BEM---WEBBANNER-728X90px (1)

Ex-vereador se diz ‘preparado’ para disputar Prefeitura de Belo Monte

Fotos: Redes Sociais

O ex-vereador mais votado (11,53% votos válidos) do município de Belo Monte, na eleição de 2012, Dalmo Augusto de Almeida Júnior (PSD), o “Dalminho ou Dalmo Augusto”, como é conhecido no município, é agora a ‘bola da vez’ na disputa pela Prefeitura local.

Dalminho, que passou pelo processo de cassação do mandato de vereador em 2014, tem dito aos mais próximos que ‘está preparado para o maior projeto de sua vida: ser prefeito da cidade de Belo Monte’.

Enteado do ex-prefeito Avânio Feitosa, no qual o considera como um pai, Dalminho, atual secretário municipal de Articulação, é o nome da situação na briga pelo Executivo municipal.

Com maioria na Câmara de Vereadores e o apoio do atual prefeito da cidade, Claudeval Santos Santana, o Val (PRP), o ex-vereador já disse que está preparado para o pleito de outubro próximo.

Quanto ao fato de 2014, quando perdeu o mandato no legislativo municipal por ser enteado do prefeito reeleito – à época – Avânio Feitosa (PP), o que configurou parentesco em primeiro grau por afinidade e o tornou inelegível pelo TRE e TSE com base Art. 14, §7º da CF/88, Dalminho disse ao Blog Kléverson Levy que ‘cresceu politicamente, com mais experiência, e quer ser prefeito porque será uma grande missão na sua vida’.

Além disso, reforçou o então pré-candidato a prefeito, que está preparado para fazer o melhor por Belo Monte.

Na oposição, ‘ventilam’ ainda os nomes de Wellington Silva de Medeiros, o Neguinho Pretinho (PL), candidato derrotado na última eleição, e o cunhado do deputado estadual Paulo Dantas (MDB), Toinho Cintra. Cintra também é  irmão da prefeita de Batalha, Marina Dantas (MDB).

Portanto, 2020 é o ano de colocar nomes novos, sangue novo e dar oportunidade aos jovens para que possam inovar, renovar e mudar a política futura.

Afinal, jovens políticos de sobrenomes ou não nas eleições deste ano, mas que sejam jovens que façam a nova política desde já.

Redes sociais: @kleversonlevy e @blogkleversonlevy

Deixe um comentário