PMM---H1N1---728X90px (2)
PMM---BEM---WEBBANNER-728X90px (1)

Especial: Planta Alagoas chega aos 102 municípios alagoanos com a entrega de sementes

Por Kléverson Levy

Desde o lançamento do Programa Planta Alagoas, há cerca de um mês, os agricultores alagoanos estão sendo contemplados com a entrega de sementes de feijão, milho e sorgo.

Aproximadamente 50 mil famílias, cadastradas no programa, recebem de forma simultânea, em todos os Centros de Distribuição (CD) do Estado, as culturas que foram disponibilizadas pelo Governo de Alagoas.

Atualmente, a distribuição encontra-se em plena execução e sendo liberada – diariamente – pela Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri-AL).

A meta alcançada na sexta-feira, 28, foi de 100% a entrega das sementes nos 102 municípios alagoanos. Algumas cidades do estado, por exemplo, já concluíram o envio antes do prazo das culturas para os agricultores cadastrados.

“Atingimos 100%, em tempo e agilidade, como previsto pela nossa equipe técnica. Inclusive, temos municípios que já estão com a totalização das sementes entregues e os agricultores em campo para o plantio do milho, feijão e sorgo nesta primeira etapa. Arroz segue para o mês de junho e está na segunda etapa das entregas previstas no cronograma”, ressaltou o secretário de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura, Maykon Beltrão.

A equipe da Seagri-AL correu contra o tempo e percorreu cidades de Alagoas – em tempo hábil e com mais agilidade – para que os agricultores familiares conseguissem plantar e colher no momento previsto. 

A rapidez na entrega das sementes seguiu um cronograma feito pela pasta da Agricultura estadual e cumpriu com o que estava previsto no documento que passou pelas etapas desde o período de inscrição, entrega de documentação e a chegada das sementes nos Centros de Distribuição (CDs).

“Todas as sementes distribuídas pelo programa Planta Alagoas chegaram aos beneficiários para atender as datas de plantio constantes no Calendário de Plantio e Colheita de Grãos no Brasil (CONAB, 2019). Especificamente para a cultura do milho, variedade BRS Gorutuba, o período para plantio com o menor risco associado às condições climáticas, especialmente de excesso hídrico, no período de colheita, está entre os meses de abril e junho, com um risco de 20% para a grande maioria dos municípios alagoanos, completou o secretário.

Centros de Distribuição 

A Seagri disponibilizou ainda oito CDs, em diversas regiões do estado, com o objetivo de facilitar a chegada das sementes para os agricultores e cooperativas que foram cadastradas no Programa Planta Alagoas.

Os Centros de Distribuição estão em Santana do Ipanema e Delmiro Gouveia, contemplando o sertão alagoano; Arapiraca e Palmeira dos Índios, na região do agreste; em Penedo, atendendo o litoral sul; na cidade de Murici  e Matriz de Camaragibe, contemplado a região norte e Vale do Mundaú; e, em Maceió, que abrange região metropolitana e parte do Vale do Paraíba.

“Os CDs foram implantados para facilitar a entrega e a vida dos agricultores. São oitos CDs que ajudam com que a sementes chegassem ao homem do campo bem mais rápido e com segurança para o início do plantio. Portanto, estamos fazendo nossa parte e trabalhando para que a agricultura e os agricultores sejam respeitados em Alagoas”, concluiu o secretário Maykon Beltrão.

Planta Alagoas

O Programa Planta Alagoas foi produzido, exclusivamente, pelos gestores da Seagri e contempla agricultores familiares, quilombolas, indígenas, assentados e acampados da reforma agrária por meio desse auxílio das sementes.

Foram investidos, aproximadamente, R$13,5 milhões para fornecer sementes de qualidade e, com mais agilidade, a todos os beneficiários e também através do aplicativo Agro + Perto. Com a ferramenta, os números de produção, hectares, renda média e de custo-benefício serão apresentados com exatidão e eficiência.

O trabalho do Governo de Alagoas, através da Secretaria de Estado da Agricultura, colherá bons frutos e resultados positivos com a agricultura nos 102 municípios alagoanos. 

Mais informações: agriccultura.al.gov.br

É isto!

#VidaQueSegue

Email: redacao@blogkleversonlevy.com.br

Redes sociais: @blogkleversonlevy

Deixe um comentário