Webbanner_BEM_728x90px
Webbanner_BEM_728x90px

Eleição em Campo Grande surpreendeu com o resultado de 9 votos

Por Kléverson Levy

Quem esteve na cidade de Campo Grande, agreste de Alagoas, ficou surpreso com o resultado que deu vitória – novamente – ao grupo do ex-prefeito Arnaldo Higino (PP).

Com esta eleição, a família Higino acumula seis vitórias na pequena cidade com a conquista nas urnas do vereador e – agora – prefeito eleito, Téo Higino (Republicamos).

A diferença de nove (9) votos em cima do candidato derrotado, Cícero Pinheiro (MDB), ainda está sendo discutida por aliados do “quase” prefeito do município.

Pinheiro, antes do resultado final, já comemorava sua vitória pelas ruas da cidade, inclusive, com mensagens de parabéns – nas redes sociais – até do governador Renan Filho (MDB).

Porém, hora depois, o Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) concluiu a eleição suplementar confirmando o resultado total.

Com isso, Téo Higino (Republicanos) obteve 3.270 votos (49,83%), Cicero Pinheiro (MDB) com 3.261 votos (49,70%) e Inês (PSD) apenas 31 votos (0,47%).

Dos 8.194 eleitores aptos a votar, 6.825 compareceram às urnas (83,29%) e 1.369 (16,71%), não votaram. Apenas 61 eleitores (0,89%) votaram em branco e 202 eleitores (2,96%) anularam o voto.

Portanto, o ex-prefeito Arnaldo Higino (PP) se fortalece com o resultado e se mantém com o poderio político na região e no comando da Prefeitura até 2024. Afinal, além de Campo Grande, a família Higino também administra Olho d’Água Grande, cidade vizinha, com a prefeita Suzy Higino (PP).

É isto!

#VidaQueSegue

Email: kleversonlevy@gmail.com

Redes sociais: @blogkleversonlevy

Deixe um comentário