Dos 9 federais, apenas dois não votam em Arthur Lira

Por Kléverson Levy

No último final de semana, na sede do PSD (Partido Social Democrático), o deputado federal Arthur Lira (PP) recebeu apoio dos colegas parlamentares alagoanos na disputa pela presidência da Câmara dos Deputados.

Lá no encontro, marcaram presenças Marx Beltrão (PSD), Nivaldo Albuquerque (PTB), Sérgio Toledo (PL), Severino Pessoa (PRB) e Pedro Vilela (PSDB).

Segundo informações obtidas pelo Blog Kléverson Levy, Tereza Nelma (PSDB) foi convidada para reunião, não marcou presença, mas deve declarar o voto em Arthur Lira.

Dos nove (9) federais, o deputado Paulão (PT) não deve votar em ‘De Lira’ para presidente. Já Isnaldinho Bulhões (MDB) vai seguir o partido e votar em Baleia Rossi que é o candidato natural da sigla emedebista à Câmara.

Da bancada federal de Alagoas, Lira saíra com quase 100% dos votos para presidir a Câmara os Deputados, caso seja eleito, e ser mais um alagoano na lista de presidente do Congresso Nacional (senador Renan Calheiros foi o primeiro).

Portanto, a reunião no PSD – de Marx Beltrão – foi um encontro firmado para eleição de Arthur Lira na Câmara e, consequentemente, desfechos de uma aliança para 2022.

Afinal, o primeiro passo da disputa eleitoral do próximo ano, contra Renan filho (MDB) ao Governo de Alagoas, foi a vitória de João Henrique Caldas, o JHC (PSB), na Prefeitura de Maceió.

Reunião no PSD em apoio à candidatura de Arthur Lira / Fotos: Divulgação

O passo, subsequente, é o deputado federal Arthur Lira obter êxito pela cadeira de presidente da Câmara dos Deputados e ganhar “força política” para majoritária de 2022.

Como em política tudo pode acontecer, inclusive, nada!

O Blog Kléverson Levy vai esperar os próximos capítulos da eleição nacional da Câmara dos Deputados para, posteriormente, avaliar com mais precisão uma eventual disputa ao Palácio República dos Palmares.

#VidaQueSegue

Email: kleversonlevy@gmail.com

Redes sociais: @blogkleversonlevy

Deixe um comentário