Slider

Deputados reagem, aos 14% dos aposentados de AL, em 2021: esqueceram de 2019?

Por Kléverson Levy

Chama atenção o fato de alguns deputados estaduais, após a ida do governador Renan Filho (MDB), na abertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE), se manifestarem sobre o Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos do Estado de Alagoas (RPPS/AL).

Na Casa de Tavares Bastos, frente a frente aos parlamentares, o governador disse – publicamente – que fará uma ‘releitura’ dos 14% descontados pelo AL Previdência dos aposentados e pensionistas do Estado.

RF explicou que o Governo de Alagoas enviará o resultado final à ALE – quando o atuário concluir o trabalho de análise – para apreciação dos parlamentares.

Porém, desde o dia em que Renan Filho esteve na ALE e prometeu corrigir o erro cometido pelo AL Previdência – e pelos próprios parlamentares que aprovaram o projeto do Executivo em dezembro de 2019 – alguns deputados ‘mudaram’ de opinião.

Na semana passada, a deputada estadual Fátima Canuto (PRTB) ressaltou sobre o dilema vivido por aposentados e pensionistas desde abril de 2020.

Canuto saiu em defesa da nova proposta do governador no entendimento de que é viável zero (0%) de alíquota para os aposentados e pensionistas.

Fátima Canuto (PRTB) ressaltou sobre o dilema vivido por aposentados e pensionistas / Fotos: Vinicius Firmino/ALE

A deputada fez um um ‘apelo ao governador para que, diante dos novos entendimentos do Supremo Tribunal Federal, a situação dos aposentados seja revista’.

Leia + AQui: A favor em 2019, deputada defende hoje alíquota de 0% para aposentados do Estado

Devolução do dinheiro

O famigerado “Pacote de Maldades” de Renan Filho também se tornou alvo de correção – em 2021 – para o jovem deputado estadual Davi Davino Filho (PP).

Davino enviou à mesa da ALE indicação solicitando que seja encaminhado ao corpo do Projeto de Lei (que trata da revisão da alíquota de contribuição previdenciária – referente à ‘releitura’ de RF) a devolução aos aposentados e pensionistas dos valores descontados como contribuição em 2020.

Solicito à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado de Alagoas, após anuência do plenário que encaminhe ao Excelentíssimo Senhor Governador do Estado de Alagoas indicação solicitando que seja encaminhado no corpo do Projeto de Lei que trata da revisão da alíquota de contribuição previdenciária do AL Previdência, a devolução aos aposentados e pensionistas dos valores descontados como contribuição previdenciária que tiveram como base de cálculo valores iguais ou abaixo do valor do teto do Regime Geral de Previdência Social( R$6.433,57 atualmente) devidamente corrigidos.

Portanto, desde 2019, quando foi aprovado o Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos do Estado de Alagoas (RPPS/AL), o Blog Kléverson Levy tem sido um defensor – junto ao Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal) – para que essa injustiça fosse anulada pela Justiça – até hoje nada!

Todavia, Renan Filho já sinalizou com uma ‘releitura’ e os deputados estaduais com indicações (solicitações) ao Projeto de Lei. Tudo bem! Antes tarde do que nunca, né?

Afinal, em ano que antecede o pleito eleitoral (que não seja por isso, senhores), aparecem os responsáveis por tudo isso que está ocorrendo, na vida dos servidores do Estado, querendo ajudar os ‘injustiçados’ e indo contrário ao que eles mesmo aprovaram em 2019.

Entretanto, qual será o próximo?

No entanto, não esqueça que a maioria dos deputados estaduais – com exceção do presidente (não poderia votar em valia ao regimento interno) e um parlamentar faltoso – votou favorável aos 14% de descontos (a contribuição) do AL Previdência em concordância com o Governo de Alagoas.

Por fim, sem delongas, caros parlamentares, mas bem que os senhores poderiam ter sido favoráveis aos aposentados, pensionistas e servidores alagoanos no dia da votação, em dezembro de 2019, evitando grandes transtornos na vida de muitas famílias alagoanas.

Lembrem que 2019, dia 10 de dezembro, jamais será apagado!

#VidaQueSegue

Email: redacao@blogkleversonlevy.com.br

Redes sociais: @blogkleversonlevy

Deixe um comentário