webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px
webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px

Deputado quer comissão para mostrar realidade escondida das redes sociais do governador

Fotos: Tribuna Hoje e Assessoria/ALE

Quem conhece um pouco do estado de Alagoas do sertão ao litoral, agreste e/ou zona da mata, já viu alguma obra do Governo de Alagoas pela metade, inacabada ou em atraso.

Esse tem sido um modelo de gestão do governador Renan Filho (MDB) que – desde que assumiu o Executivo estadual – ganhou o título de “governador das Ordens de Serviços (OSSs)” espalhadas por regiões de Alagoas.

Sem generalizar, claro, mas RF tem até cumprindo com algumas promessas para com os gestores municipais. Porém, boa parte – dessas promessas – ainda falta ser entregue.

Porém, por onde passou e passa pelos municípios alagoanos, Renan Filho – em atividade institucional ou política – promete aos prefeitos o que pode e que não pode, entretanto, comprometendo o Estado com a realização de obras, entrega de equipamentos e construções que – muita das vezes – não saem nem do papel.

Nesse ritmo de obras inacabadas ou paralisadas em Alagoas foi que o deputado estadual Davi Maia (DEM) usou a tribuna da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) para criticar esse modelo administrativo da gestão Calheirista.

Maia, na sessão de ontem, 27, apresentou a proposta para a criação de uma “Comissão de Acompanhamento de Obras” com o objetivo de fiscalizar as obras atrasadas e em andamento pelo Governo de Alagoas.

De acordo com o texto da assessoria de imprensa do parlamentar, a ideia é cobrar do Governo de RF a correta utilização de recursos públicos investidos.

“Durante seu discurso nessa Casa, o governador não apresentou nenhum plano para o futuro da sociedade alagoana e espero que a Assembleia possa atuar cumprindo esse papel de trazer alternativas para destravar o desenvolvimento de Alagoas”, explicou Maia.

Entre as obras citadas pelo parlamentar estão o Hospital Metropolitano; o Pólo Tecnológico; o Marco Referencial, no Alagoinhas; além da entrega do viaduto da Polícia Rodoviária Federal (Foto acima) e a duplicação da AL 101 Norte. Todas as obras foram visitadas pelo parlamentar em 2019.

“Estive durante todo o ano denunciando, visitando e fiscalizando esses locais para mostrar ao cidadão alagoano que a realidade é diferente do que o mostra o Instagram do governador”, concluiu Davi Maia.

Ou seja, se os deputados estaduais optarem pela criação da Comissão proposta por Davi Maia, todavia, os alagoanos poderão constatar uma realidade que fica escondida nas redes sociais do governador.

Pelo Instagram e Facebook de RF, afinal, Alagoas é um estado – apesar de ter sido intitulado de o pobre dos mais pobres – bastante progressista onde grandes obras “mudam a realidade de vida dos alagoanos”.

Será?

#VidaQueSegue

Redes sociais: @kleversonlevy e @blogkleversonlevy

Deixe um comentário