webbanner_BEM+VALORIZA_728x90px
WhatsApp Image 2021-11-04 at 14.44.55 (3)

Deputado cobra, novamente, que precatórios dos professores sejam liberados pelos prefeitos

Por Kléverson Levy

Ontem, 15, foi uma data em comemoração ao Dia dos Professores. Porém, a classe trabalhadora da educação não teve o que comemorar no dia em que poderia ser de conquistas e vitórias para esses profissionais.

Enquanto alguns prefeitos alagoanos não se manifestarem para liberar os precatórios do Fundo Nacional de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef), não há – de direito – o que comemorar.

Tanto que ainda no dia de ontem, 15, o deputado federal Marx Beltrão (PSD) se manifestou favorável à classe e cobrou dos gestores alagoanos o pagamento dos precatórios que está debitado nas contas das Prefeituras.

Beltrão destacou ainda que o dinheiro é um direito dos profissionais, principalmente, após a Câmara dos Deputados aprovar a Lei 14.057/2020, e apontou como exemplo a cidade de Coruripe.

O parlamentar cobrou, novamente, que o prefeito Marcelo Beltrão (PP) dê exemplo e libere os precatórios dos servidores da Educação do município que esperam – há seis meses – uma resposta da gestão municipal.

Porém, nada se faz, acontece e permanece tudo em silêncio.

“São trabalhadores que tanto nos orgulham e que merecem todo nosso apoio. Que precisam ser cada vez mais valorizados e respeitados. Esse pronunciamento que fiz na tribuna da Câmara tem o objetivo de cobrar por justiça. O pagamento dos precatórios do Fundef é um direito. Direito que confirmamos ao aprovar a Lei 14.057/2020. É dia especial de homenagens e também dia de luta em defesa dos professores”, escreveu Marx em suas rede sociais.

Ainda sobre Coruripe…..

Desde o primeiro semestre deste ano, meados de abril, o Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE)  abriu inquérito civil para apurar o prefeito Marcelo Beltrão (PP) pelo não envio de documentos e nem comprovação de “dívidas milionárias” apontadas pelo gestor.

Até a publicação desta matéria, dia 16 de outubro, nem o MP Alagoas se manifestou sobre o resultado e nem a Prefeitura de Coruripe vem cumprindo – de fato – com a transparência exigida pela lei no município.

É isto!

#VidaQueSegue

Email: redacao@blogkleversonlevy.com.br

Redes sociais: @blogkleversonlevy

Deixe um comentário