webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px
webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px

Deputado chama secretária de “prepotente, arrogante e ignorante”

Foto: Assessoria


O embate entre o deputado estadual Davi Maia (DEM) e a secretária de Estado da Educação, Laura Souza, se tornou uma ‘briga’ pública que terá palco na Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE).


Souza, que é indicação e ligada ao vice-governador e ex-secretário da pasta, Luciano Barbosa (MDB), causou um ‘desconforto político’ ao responsabilizar os professores e monitores pela falta de engajamento e evasão dos alunos da rede pública estadual de ensino. 


Maia, em defesa da classe, e durante a sessão plenária na Casa de Tavares Bastos, se disse indignado ao ponto de tratar a secretária de Luciano Barbosa como sendo uma gestora “prepotente, arrogante e ignorante”.


“A senhora Laura, em reunião com professores – na semana passada -, disse que o descaso que aconteceu com a Educação durante a pandemia era de responsabilidade dos professores e dos monitores. E mais, ameaçou de acabar com o contrato de todos os monitores, porque estava havendo evasão escolar. “Não é a primeira vez que essa senhora (Laura) fala alguma asneira ou alguma besteira. Nesta Casa, ela já disse que entregaria o cargo, mas não adquiria produtos do PAA (Programa de Aquisição de Alimentos)”, disse o parlamentar, afirmando que está apresentando uma convocação da gestora para ter que ir na ALE dar explicações.


Em Tempo: o clima de animosidade entre a Educação em Alagoas e os deputados estaduais sempre foram de discussões. Aconteceu com Luciano Barbosa e, agora, com sua sucessora na pasta, Laura Souza.


Portanto, cabe ao Palácio República dos Palmares – e seus interlocutores políticos – apagar o fogo aceso novamente (de novo?) entre ALE e Educação AL.

Será? 


#VidaQueSegue


Email: kleversonlevy@gmail.com

Redes sociais: @kleversonlevy @blogkleversonlevy

Deixe um comentário