Blog Kleverson LevyBlog Kleverson Levy

Depois da ‘rasteira’, vice-prefeita de Atalaia encontra partido para disputar eleição de 2024

Desde o início do troca-troca de partidos o Blog Kléverson Levy escreveu que até o final do prazo da “Janela Partidária” surpresas aconteceriam até o último momento. Não foi diferente na cidade de Atalaia, onde a atual vice-prefeita, Camyla Brasil, levou uma ‘rasteira’ do Partido Liberal (PL) comando pelo prefeito João Henrique Caldas, o JHC.

Brasil, inclusive, denunciou que “aos 45 do segundo tempo foi expulsa do partido do presidente Jair Bolsonaro a pedido de um vereador de Maceió” (aguarde o texto sobre o assunto).  A vice-prefeita publicou em suas redes sociais um desabafo que, segundo ela, ainda foi comunicada de última hora sobre sua desfiliação da sigla pela assessoria do gestor da capital alagoana.

“Infelizmente venho através das minhas redes sociais anunciar para todos vocês que não estarei representando o PL Mulher no município de Atalaia, assim, como eu, juntamente com as presidentes Estadual @eudociasenadora e Nacional @michellebolsonaro havíamos anunciado na última sexta feira. Fui vítima de uma sorrateira artimanha política machista que infelizmente atinge muitas mulheres, por isso somos minoria de representação, apesar de sermos maioria de eleitoras. Apesar de tudo, sigo de cabeça firme pois sei da história sólida que venho construindo ao longo dos anos junto ao meu povo atalaiense”, escreveu Camyla Brasil em suas redes sociais.

Por outro lado, em contato com a vice-prefeita de Atalaia, o Blog Kléverson Levy foi informado que ela já encontrou uma sigla para disputar a eleição de 2024. Apesar de ter participado do evento com o PL Mulher em Maceió, Camyla não permanece mais nas fileiras dos Liberais. Agora, sem ‘rasteira’ e com nome chancelado, Brasil se filiou ao Solidariedade e poderá concorrer ao pleito de outubro.

Portanto, diante da considerada ‘sorrateira artimanha política machista’ de um vereador de Maceió, a vice-prefeita atalaiense quase que fica fora do pleito deste ano de 2024. Isso mostra o quanto existe de incoerência, falta de palavra, falta de respeito com quem tem mandato (imagine quem não tem cargo) e total desconfiança no meio político em Alagoas.

É o mesmo que dizer manda quem pode (quem?), obedece quem tem juízo (qual?). Política é Política!!!

Aguardem novidades! Quem viver, verá! 

Leia Também: Vice-prefeita de Atalaia está preparada para enfrentar atual prefeita em 2024

E viva a política dos políticos em Alagoas!

#VidaQueSegue

Email: redacao@blogkleversonlevy.com.br

Redes sociais: @blogkleversonlevy

Kleverson Levy

Especialista na cobertura política em AL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pressione ESC para fechar