PMM---VACINA-MACEIO---WEBBANNER-728x90px

Covid-19: Renan diz que “não pode ser cúmplice do morticínio” ao destacar importância de CPI

Por Kléverson Levy

Numa entrevista à CBN Brasil, o senador Renan Calheiros (MDB) falou sobre a responsabilidade que o Senado Federal para apurar responsabilidades e apontar saídas para a crise que o Brasil está vivendo na saúde por conta da Covid-19.

Defensor da CPI da Covid-19, Calheiros disse – num postagem em sua conta no Twitter – que ‘investigações políticas são necessárias quando canais tradicionais de apuração estão obstruídos’.

“O ministro Barroso determinou a instalação da CPI da Covid. Investigações políticas são necessárias quando canais tradicionais de apuração estão obstruídos. É imperioso investigar tudo e punir, exemplarmente, eventuais responsáveis por essa tragédia humanitária que estamos vivendo”, explicou o senador.

Renan explicou também que a decisão do ministro Luís roberto Barroso, que é a favor da instalação da CPI no Senado Federal, foi ‘coerente e tempestiva’.

“Coerente e tempestiva a decisão do ministro @LRobertoBarroso pró CPI. Incompreensível a demora do Congresso em atender a esse clamor. A reação de ataque ao STF é impropria. Se @jairbolsonaro diz “não errei nenhuma”, não há motivo para sobressalto. É isso que a CPI irá iluminar”, publicou Calheiros.

Já na entrevista à CBN Brasil, o senador alagoano reforçou que o Senado Federal tem de “apurar as responsabilidades e apontar saídas para a crise humanitária do Brasil e que não pode ser cúmplice desse morticínio”.

“Falei à @CNNBrasil sobre a responsabilidade que o Senado tem de apurar as responsabilidades e apontar saídas para a crise humanitária que o Brasil está vivendo. Não podemos ser cúmplices desse morticínio. #vaitercpi“, escreveu Renan Calheiros.

Confira o vídeo abaixo!

É isto!

#VidaQueSegue

Email: redacao@blogkleversonlevy.com.br

Redes sociais: @blogkleversonlevy

Deixe um comentário