webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px
webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px

Collor se tornou um ex-presidente virtual e bem diferente nas redes sociais: Será?

Por Kléverson Levy

Quem acompanha nas redes sociais o senador e ex-presidente da República, Fernando Collor (PTC), tem percebido um Collor diferente do que era visto há anos.

O ex-presidente (e, claro, sua equipe) pegou gosto pelas brincadeiras de adolescentes que fazem em contas oficiais no Instagram. Entre perguntas e respostas, até surpreendentes, ao Instagram do senador alagoano entrou na onda virtual de uma turma jovial em dias atuais.

No último final de semana, o Blog Kléverson Levy avaliou os stories publicados no @fernando_collor e recebeu mensagens de leitores com os prints de algumas respostas e perguntas da conta do parlamentar.

Se para alguns surpreende, todavia, para outros pode ser considerada uma nova linguagem Collorida moderna como conquista de uma ‘massa’ do eleitorado virtual que cresceu nos últimos anos.

A mudança Collorida, portanto, se deve ao processo eleitoral de 2022 em que o Collor estará concorrendo – mais um vez – ao mandato de Senador da República.

Elle, leia-se uma boa equipe, quer ganhar o público que vive nas redes sociais, principalmente, em tempos de home office e pandemia, mesmo diante de ataques ou elogios.

Quem segue o senador, numa avaliação aos comentários postados, parece que tem gostado da atuação ‘Collorida’ que vem ganhando adeptos, inclusive, de seguidores e apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O ex-presidente tem respondido até seus Twittes, por exemplo, com sarcasmo para celebridades, jornalistas e políticos.

A turma de Collor tem usado uma linguagem que pode ser até aceitável, em tempos modernos dos Bolsonaristas, mas que choca ao ser de um ex-presidente que sempre se mostrou à altura do cargo.

Para alguns seguidores e não seguidores, existe um Collor diferenciado como nunca se viu antes e o oposto do que diziam ‘Delle’ ao longo dos anos.

Para outros, é o Fernando Collor repaginado, reinventado e reformulado aos tempos contemporâneos – e como sempre faz nessa época – para conquistar o voto que precisa no próximo ano.

Por fim, Collor – o senador – se tornou o que nunca foi para ganhar – novamente – os eleitores alagoanos em 2022 e renovar o mandato no Senado Federal.

“Minha gente amiga”, Há quem goste!

É isto!

#VidaQueSegue

Email: redacao@blogkleversonlevy.com.br

Redes sociais: @blogkleversonlevy

Deixe um comentário