Blog Kleverson LevyBlog Kleverson Levy

Casa da Barra: o reality show alagoano que agrada e incomoda. Por quê?

Desde a semana passada, o influenciador alagoano Carlinhos Maia deu início a mais uma edição de sua Casa da Barra, localizada na Barra de São Miguel, litoral sul de Alagoas. Maia tem sido protagonista de grandes feitos e realizações para o público que o segue nas redes sociais.

Para além disso, o despertar na turma jovem dos dias atuais têm demonstrado que o entretenimento na residência de veraneio do penedense agrada e incomoda, aos mesmo tempo, mas tem ajudado muito mais que a classe política. Nos últimos dias, o Blog Kléverson Levy tem acompanhado com um olhar diferente toda essa “resenha virtual” para entender o porquê de tanto sucesso e mídia no país afora.

Carlinhos Maia, de fato, alcança o que muitas redes de TVs de grande porte nacional não conseguem realizar em se tratando de divulgações, seguidores (os telespectadores das redes) e patrocínios para o evento que dura sete/oito dias a cada edição. O imponente, considerado uma dos maiores influenciadores do país, ainda faz desconhecidos ficarem conhecidos com apenas um clique de @.

Sem falar, claro, que muitos cidadãos comuns se tornam até ‘subcelebridades’ quando fazem parte de seu hall de artistas conhecido como a “Turma do Carlinhos Maia”. Porém, não é só a parte de entretenimento que o alagoano de Penedo consegue transformar em benesses para o estado de Alagoas.

A Casa da Barra se tornou ponto turístico para milhares de fãs, seguidores e admiradores dos participantes e sua equipe que estão na cidade e que atrai milhares de pessoas para ver de perto o “reality show” – que pode ser assistido em sua conta oficial no Instagram. Sem precisar de mídia, já que com um celular na mão consegue ser a própria mídia de divulgação, Maia ajuda – de fato – a divulgar nosso estado muito mais até que boa parte da classe política.

Quando faço esse comparativo do influenciador x política é uma opinião minha. Própria! Ao acompanhar o desenrolar das histórias e fatos que acontecem dentro da Casa. Isso porque ao seguir os stories do influenciador, percebe-se o quanto de positivo também é a atração para os moradores e visitantes da Barra de São Miguel.

Além de empregar dezenas de pessoas e dar oportunidades às empresas locais, Carlinhos Maia tem gerado renda, aumentado o fluxo turístico na cidade (e Alagoas), fazendo a economia local girar, fomentando, movimentando o comércio e ajudando no desenvolvimento econômico e turístico local.

Podem até dizer, os críticos de plantão e os superinteligentes, que a Casa da Barra é um antro de baixaria, pornografia e indescência para quem assiste (Ah!, recomendo o “Dé Férias com o Ex”, na MTV, para avaliar também). Todavia, é o que tem surtido efeito para um público que gosta desse tipo de entretenimento e não enxergam o que os outros dizem sobre o que acontece nas festas. Bebida gera tudo de “inconsciente” quando se é ingerida. Seja em qualquer lugar.

Sem falar que o evento – de fato – ajuda muita gente. São vários desconhecidos que conseguem conquistar espaço, carinho, respeito e condições melhores para se viver numa era tão crítica de desrespeito às famílias, às mulheres, aos homossexuais (LGBTQIAPN+) e a todos que buscam uma vida melhor em meio à sociedade intransigente. (Confira o vídeo abaixo)

Afinal, se todos os políticos fizessem o mínimo que o influenciador alagoano faz, diantes das histórias de conquistas e vitórias de quem está ao redor dele, sem pensar – apenas – no bem familiar e interesses pessoais, Alagoas e o Brasil seriam muito melhor diante da famigerada corrupção e roubalheira existente. A lembrar daqueles detentores de PODER que ciscam, no bom sentido, apenas para dentro de Casa.

Outrossim, reitero diante das críticas à vista: A Casa da Barra é diversão, animação e a alegria para muitos que sonham em ser destaque nas redes sociais. É o entretenimento que ajuda muito mais que os políticos que estão – cada dia mais –  perdendo a confiança da população. Afinal, se tivéssemos um exemplo de Carlinhos Maia (trocadilho) na política, poderíamos ajudar muito mais quem mais precisa. O povo precisa de trabalho, casa, comida, voz e vez.  

Não é à toa que, após acompanhar essa diversão de gosto popular, devemos reconhecer o  tamanho do o influenciador alagoano Carlinhos Maia na vida das pessoas. Casa da Barra é sucesso para Barra de São Miguel, Alagoas e o verdadeiro entretenimento alagoano que gera emprego, renda e aumenta o turismo em nosso belíssimo estado de praias, lagoas e gente guerreira.

Por fim, podem me criticar pela comparação, bem como, até dizer ser nada a ver com política ou até um fato bem apolítico. Mas não é só de “baixaria”, como dizem por aí, que é formada a Casa da Barra de Carlinhos Maia. É muito mais que uma crítica de quem só vê baixarias, os beijos, danças e amassos na tela do celular.

Há público! Há quem consuma! Há quem gosta! Há milhares de pessoas na lista querendo participar. Essa é uma realidade de muitos brasileiros que almejam – diante de um celular nas mãos – fazer entretenimento das redes sociais como meio de vida no país, principalmente, onde o desemprego é grande. Quiçá, Alagoas, o estado brasileiro com o maior número de pessoas passando fome: 36,7% de alagoanos.

Já quem não gosta da Casa da Barra, portanto, não assiste e não acompanha. A gente muda de canal. Fica o meu ponto de vista, após acompanhar o “reality show alagoano”, que agrada a muitos e incomoda poucos. Casa da Barra É da terra. É da gente. É Alagoas.

É isto!

#VidaQueSegue

Email: redacao@blogkleversonlevy.com.br

Redes sociais: @blogkleversonlevy

Kleverson Levy

Especialista na cobertura política em AL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pressione ESC para fechar