Alagoas: ponto facultativo e fiscalização no carnaval

Por Kléverson Levy

Ainda restam dúvidas sobre o que determinou o Governo de Alagoas quanto ao fato das festividades carnavalescas. Para tirar dúvidas, o Blog Kléverson Levy explica a seguir.

Na coletiva da última quarta-feira, 10, o governador Renan Filho (MDB) explicou que a colaboração da população é a medida correta no combate à segunda onda da Covid-19 em Alagoas.

“Vamos fazer fiscalização maior nas cidades em que [tradicionalmente] há mais eventos. O secretário Alfredo Gaspar de Mendonça está preparando uma grande Operação Carnaval para marcar presença em todos os lugares de Alagoas”, disse RF.

O governador deixou claro que vai aumentar a fiscalização para coibir aglomerações nos dias de Carnaval e que o Estado estará nas ruas com ‘grande efetivo para ampliar a capacidade de fiscalização’.

Recebem atenção especial, em termo de fiscalização e segurança, a capital e os municípios litorâneos, principalmente, já que atraem maior número de foliões.

Ponto Facultativo

Já sobre o ponto facultativo, Renan Filho ressaltou que ‘manterá ponto facultativo no serviço público estadual durante o período e que, por enquanto, não haverá a publicação de novo decreto governamental com medidas que alterem o Plano de Distanciamento Social Controlado’.

Portanto, ressalte-se: a ‘precaução do governador é motivada pelo aumento da taxa de ocupação de leitos exclusivos para Covid-19.

O índice subiu 12% em dez dias – passando de 43% no dia 1º de fevereiro para 55% na última quarta-feira (10) – e ligou o sinal de alerta’, diz o texto da Agência Alagoas.

“Está havendo segunda onda em Alagoas”, afirmou Renan Filho, que determinou ontem (09) a abertura de 130 novos leitos exclusivos para Covid-19, sendo 30 de UTI. A ampliação é para manter a taxa de ocupação abaixo dos 60%. Alagoas tem se destacado em todo o Brasil pela capacidade de atender à população. Para isso, a gente também precisa que as pessoas colaborem, com as medidas de distanciamento, lavar as mãos com água e sabão ou álcool 70% e o uso de máscaras ao sair de casa”, finaliza Renan Filho.

#VidaQueSegue

Email: redacao@blogkleversonlevy.com.br

Redes sociais: @blogkleversonlevy

Com informações da Agência Alagoas

Deixe um comentário