webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px
webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px

Alagoas já tem o 1º nome candidato ao Governo do Estado para 2022

Por Kléverson Levy

Até então, pelo o andar da carruagem, o pleito de 2022 já tem o primeiro candidato ao Governo de Alagoas. É o que tem dito o prefeito do Pilar, Renato Rezende Filho, o Renatinho (PSC), que sonha voos mais altos na política alagoana.

Pré-candidato “declarado” para concorrer a cadeira do governador Renan Filho (MDB), Renatinho tem percorrido algumas cidades e participado de eventos pelo interior do estado para alavancar seu nome nos municípios alagoanos.

O prefeito do Pilar vai criando “espaço político” e sua a ida ao PSC, no ano passado, foi o início de um trabalho – antecipado – para 2022. Além disso, se fortaleceu em 2020 com sua reeleição, na cidade do Pilar, e elegeu a esposa e atual prefeita de atalaia, Cecília Herrmann Rocha.

Renato Rezende, que é filho da deputada estadual Fátima Canuto (PSC), se projeta ainda baseado nas pesquisas de avaliação sobre seu governo na cidade pilarense.

Fátima Canuto e Renatinho Rezende em evento no Pilar /Fotos: Facebbok

Com alta aprovação administrativa, todavia, o gestor quer levar o modelo implantado no município, ao que tudo indica, para dizer para o eleitor alagoano que ‘dará certo’ no Palácio República dos Palmares.

Todavia, Renatinho Rezende do Pilar era (será que continua?) um dos poucos prefeitos alagoanos com acesso ‘livre’ – sem o “chá de espera ou chá de cadeira” – ao gabinete de RF.

Afinal, é prefeito de uma cidade importante na região metropolitana; mantinha a esposa secretária de Estado e, agora, prefeita de Atalaia; e, por fim, ainda consegue ter ‘voz e vez’ com a mãe-deputada na Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE).

Por fim, só o tempo vai dizer se – realmente – ele será candidato ao Governo de Alagoas. Por enquanto, se coloca como o primeiro nome na sucessão de Renan Filho.

Será? Vamos dar tempo ao tempo!

É isto!

#VidaQueSegue

Email: redacao@blogkleversonlevy.com.br

Redes sociais: @blogkleversonlevy

Deixe um comentário