webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px
webbanner_BEM+AULAS COM CUIDADO_728x90px

2020: “Sangue novo” na disputa pela cadeira de vereador em Pilar

Foto: Facebook

A relação de pré-candidatos às eleições de 2020, no município do Pilar, ganha mais um nome de ‘peso’ à Câmara de Vereadores. 

Com a possível união dos ex-prefeitos opositores da atual legislatura, novos nomes tem ganhado espaço na disputa por uma vaga no legislativo municipal.

É o caso da jornalista Yela Diane que tem conquistado notória visibilidade política com o trabalho que desenvolve no município do Pilar, bem como, na capital alagoana.

A jornalista é neta dos saudosos pilarenses “Oliveira” e de “Dona Detinha”, sobrinha do padre Petrúcio Dário Costa. De famílias tradicionais, trabalhadoras e bastante conhecidas no município, os Costas e os Peixotos da Ponta do Camurupim, a jornalista é um nome que vem sendo ventilado para uma possível candidatura em 2020.

As informações de bastidores, repassadas ao Blog Kléverson Levy, são de que a jovem jornalista detém uma rede ampla de bom relacionamento no setor público-privado, possui habilidade política, presta um excelente serviço de assistencialismo e tem recebido apoio no meio político.

Yela Diane, inclusive, já foi colocada na dianteira de disputas a cargos eletivos, por diversas vezes, no município de Maceió, Pilar, na Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) e nos corredores do Palácio República dos Palmares.

Entretanto, ao que tudo indica, a profissional da área de comunicação deverá concorrer a uma das 13 vagas de vereador na cidade de Pilar.

Em tempo: a política alagoana precisa de jovens, novos nomes, ideias, propostas e novas candidaturas para que o eleitorado não fique com a opção da mesmice política de todos os pleitos eleitorais.

Alagoas, assim como, no Pilar, é preciso de ‘sangue novo’ na política. 2020 é necessário que boas histórias aconteçam com o resultado das eleições.

Será? 

Deixe um comentário