PMM---VACINA-MACEIO---WEBBANNER-728x90px

2020: Dada a largada ao processo pré-eleitoral em Alagoas

Fotos: Ilustração

Se por um lado, a eleição vai influenciar nas decisões futuras a partir de outubro 2020; por outro, há uma vontade da população – e assim espera-se – em torno da nova política com renovação, inovação e mudanças.

Entretanto, mudanças que devem começar com os nomes que estarão em análise no pleito. Vejamos que boa parte dos pré-candidatos prefeitáveis, por exemplo, carregam sobrenomes já conhecidos.

Ao que se vê pelas ‘caras’ – algumas confirmadas para o pleito deste ano – é um processo de continuidade – em sua maioria – familiar e parentesco que sempre existiu em Alagoas.

Não há nada de diferente do “modus operandi” relativo ao passado.

Sempre foi assim na República chamada Alagoas e, claro, em qualquer parte do país. Quem pretende ser candidato tem que dar “uma carga” na imagem, nos discursos e até nas promessas durante o período que antecede a disputa eleitoral.

É o que se percebe em diversas vezes ações dos Poderes Executivos alagoanos, onde o espaço ocupado pelos convidados fica até ‘pesado’ com tantos políticos pré-candidatos querendo – no mínimo – sair bem na foto.

Envolto disso tudo, há sim muita demagogia, promessas que serão renovadas, discursos calorosos e um estilo político arcaico de dizer “eu fiz, eu mandei, eu trouxe, eu vou fazer, eu vou trazer…” e por aí se tem o teor contextual de cada um que se utiliza dos microfones para ser lembrado pelo eleitor.

Ressalta-se, portanto, que nesse meio ainda tem muita gente com sede de PODER.


Diante disso, saliento que – enquanto disputas eleitorais forem mantidas através da “doação” de cargos, de favores, do dinheiro fácil oriundos da corrupção e da compra de pessoas em troca de votos – não mais poderemos ter mentes livres para votar.

O tempo passa, mas continuamos ouvindo as mesmas velhas promessas de que o “fulano candidato” deverá honrar os compromissos em nome do povo.

Analisam (os especialistas) que a diferença na eleição de outubro de 2020 poderá ser grande mídia virtual como facebook, instagram, whatsapp e todas redes sociais na divulgação e informação rápida até o eleitor. É a era da comunicação digital que poderá – também – fazer a diferença no pleito.

Porém, cuidado nas fakes news!

Quanto aos moradores dos municípios alagoanos, em sua maioria os mais “pobres dos pobres”, eis que serão ludibriados para entrar no jogo ganancioso dos que se dizem defensor da população. Que esse cidadão possa estar atento nas promessas e ‘juras de amor’ no período (sarcástico) eleitoral. 

Afinal, só nós (eu, você e o eleitor) temos o Poder de mudar esta realidade em outubro próximo. A arma principal é título de eleitor!

Em tempo: A conquista pelo Poder – na maioria das vezes – faz esfacelar os sonhos daqueles tratados como “amigos” – entre abraços e tapinhas nas costas – no período eleitoral. 

Em 2020, o ÀZBlog Kléverson Levy vai acompanhar o processo eleitoral nas cidades de Alagoas. Estamos de Olho!
Redes sociais: @kleversonlevy e @blogkleversonlevy 

Deixe um comentário