A união de Celso Luiz com a família Brandão em Mata Grande

Foto: Internet

Quem nunca ouviu ou leu a expressão bem antiga que "Em Política, até Boi pode Voar!"? Pois, bem!

Em Mata Grande, no sertão de Alagoas, o que poderia ser uma disputa eleitoral acirrada se tornou uma união familiar-política para conquistar o Executivo local.

O ex-todo-poderoso, ex-deputado estadual e ex-prefeito de Canapi, Celso Luiz (MDB), se uniu ao também ex-prefeito mata-grandense, Hélio Brandão, para conquistar a Prefeitura da cidade.

Os dois, Celso e Hélio, ainda mantêm o grau parentesco de primos por parte do sobrenome Brandão.

Porém, em pleno 2020, essas duas - consideradas - "raposas políticas" estarão no mesmo palanque para dizer ao povo mata-grandense que se uniram pelo bem da população. A troco de quê?

Sabe-se, portanto, que a saída do filho de Celso Luiz, conhecido como Luiz Pedro Brandão, na disputa pela Prefeitura de Mata Grande, passou por um acordo - financeiramente - entre ambas as partes. Aliás, acordo que incluiu até o atual vice-prefeito, Franklin Lou. 

Tanto que o ex-deputado estadual divulgou um áudio nas redes sociais, no qual o Blog Kléverson Levy teve acesso, reforçando o apoio à família Brandão (Hélio) em 2020.

"Quero falar para meus amigos de Mata Grande sobre a decisão de apoiar Hélio Brandão. Essa decisão não é uma decisão de brincadeira. Vamos entrar forte, vamos entrar pesado na campanha e vamos ganhar essa eleição. O mesmo empenho que ia ter na eleição de meu filho, Luiz Pedro, vou ter na eleição de Hélio Brandão. Pode confiar! Iremos juntos, como nossa equipe, trabalhar e ter uma grande vitória que é muito importante para nossa Mata Grande", disse Celso Luiz.

O mais interessante dessa história é que, na eleição de 2016, a família de Hélio Brandão viveu às turras contra Celso Luiz. A briga pelas Prefeituras de Canapi, Inhapi e Mata Grande foi emblemática entre os clãs do sertão alagoano.

Troca de farpas, palavras de baixo calão e ameaças não faltaram no pleito passado entre os Brandãos do famoso "triângulo das bermudas".

Porém, na eleição de 2020, Celso e Hélio resolveram se unir para derrotar o atual prefeito de Mata Grande, Erivaldo Mandú (PP), ex-aliado e candidato em 2016 da própria família Brandão (De Hélio, Jacob e Júlio).

Todavia, basta o leitor do Blog Kléverson Levy colocar no google para verificar o ocorreu - de 2017 em diante - com o ex-prefeito Celso Luiz (Canapi), o ex-prefeito Jacob Brandão e o ex-vereador-presidente da Câmara, Júlio Brandão (Mata Grande).

Já para 2020, cabe ao eleitor e cidadão de Mata Grande analisar - pragmaticamente - essa união das consideradas ' velhas raposas políticas', apesar dos laços familiares, após tantas desavenças e envolvimentos em casos de corrupção com desvios de milhões (segundo apontou o MPF e MPE) do tão sofrido povo sertanejo de Alagoas.

Política é Política!

#VidaQueSegue


Comentários (0)


Deixe um comentário