A lição política que 2020 deixou com o resultado das urnas

Foto: Internet

A lição que fica de 2020, em relação ao pleito de 15 de novembro, foi entender ou superar a briga política de adversários e até familiar em diversos municípios alagoanos.

Ou seja, muita gente estava com sede de PODER e trabalhou nos bastidores da política alagoana como um lobo em pele de cordeiro.

O eleitor, no entanto, aceitou o 'jogo' dos que se diziam defensor da população e, ao final de tudo, concedeu o Poder aos que queriam o Poder.

Agora, cabe esperar para que os próximos gestores cumpram o que foi prometido em palanque. Afinal, a avaliação das futuras gestões podem ser feitas, no mínimo, após os seis (6) meses de um novo governo nas Prefeituras.

É um prazo que se dá para analisar - categoricamente - os novos gestores/prefeitos!

Entretanto, não tentem entender a política quando envolve até famílias. Política é Política!

No jogo eleitoral e político, há traições, ganância, Poder, falsidade, deslealdade, hipocrisia , perversidade, infidelidade e o interesse político-pessoal-Poder.

Fica a lição: ganhando ou perdendo! 2022 teremos uma nova história eleitoral!

Redes sociais: @kleversonlevy @blogkleversonlevy


Comentários (0)


Deixe um comentário